Terça-feira, 25 de Junho de 2019
Sim & Não

Servidores públicos do AM correm para se aposentar


amazonprev_D6F2B56E-05B6-44A0-91A5-6B9DDD4D0906.jpg
13/06/2019 às 07:22

O número de servidores públicos do Estado do Amazonas que pretendem se aposentar cresceu 100% no período de janeiro a maio de 2019. Os dados foram divulgados pelo Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas (Amazonprev), que se viu obrigado, diante do aumento de solicitações de aposentadoria, a criar um grupo de trabalho formado por 17 analistas, com a meta diária de seis exames processuais para a concessão de novos benefícios.

Motivo Para o Amazonprev, os reajustes e enquadramentos funcionais dados pelo Governo do Amazonas a diversas categorias são o principal motivo para essa corrida pela aposentadoria. Não se pode deixar de considerar, entretanto, as incertezas acerca da reforma da Previdência.

Incógnita A inclusão de Estados e municípios, aliás, permanece uma incógnita e um dos principais imbróglios da reforma. De acordo com líderes de partidos do Centrão, o relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) já teria decidido pela retirada de Estados e municípios do texto.

Dúvida Se o Amazonas foi o único estado a ter sua previdência reconhecida recentemente na premiação nacional “Destaque Brasil de Responsabilidade Previdenciária”, por que se alia a Estados que têm sua previdência deficitária no pleito de ser incluído na reforma?

Resposta O presidente do Amazonprev, André Luiz Zogahib, responde: “Apesar de nossa situação ser superavitária no fundo previdenciário, temos um passivo muito grande no fundo financeiro. Somos signatários do acordo para que tenhamos uma saúde financeira melhor em ambos os fundos”.

E o plenário?   Com a realização, hoje, do Seminário de Promoção e Defesa da Cidadania, das 8h às 15h, realizado pela União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), no auditório Belarmino Lins da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), é muito provável que a sessão plenária da Casa fique esvaziada.

CAE É que com a presença da ministra Damares Alves e de parlamentares de diversos Estados da Federação, é natural que todas as atenções se voltem para o auditório. O problema é que está programada para hoje a audiência da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), na qual serão analisadas as metas fiscais do Estado, apresentadas pelo titular da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Alex Del Giglio.

Lava Jato na BR-319 A Sentença proferida pela Justiça Federal do Paraná, que autorizou a devolução de pouco mais de R$ 681 milhões recuperados pela Lavo Jato, motivou o deputado estadual Roberto Cidade (PV) a protocolar uma Moção de Apelo ao Governo Federal para que parte do dinheiro seja utilizado na recuperação da BR-319.

Agenda 2030 Setor privado e sociedade civil estão sendo convocados pelo Governo do Estado a compor a rede de apoio à Agenda 2030. A rede pretende relacionar tarefas como erradicação da pobreza, a redução das desigualdades, promoção de educação de qualidade, saúde e bem-estar, entre outras ações definidas pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.