Publicidade
Pinga Fogo

Servidores públicos em campanha: “lista de presença e registros fotográficos”

31/07/2017 às 22:14
Show david

#Com base em dados de uma investigação em curso no MPE/AM, que apura as demissões em massa que ocorreram na Suhab, motivadas, em tese, por “perseguição eleitoral”, o MPF distribuiu recomendação para que todos os gestores de órgãos federais, estaduais e municipais suspendam demissões no período eleitoral.

#“Há relatos de convocações (de servidores públicos) para participar de atos de campanha em horário de expediente, com conferência de participação por meio de listas de presença e registros fotográficos”, disse o Ministério Público Eleitoral, órgão do MPF, em nota. Conforme adiantou o SIM&NÃO, no último domingo, tanto o MPE quanto o MPF apuram a conduta do governador David Almeida no caso.