Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
Sim & Não

Setor primário reivindica


67691204_2150297598415689_8272847790875344896_o_90B54C40-1217-4733-8A78-CC2DFFDF80EE.jpg
10/08/2019 às 10:16

Na primeira audiência pública da Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia realizada fora de Brasília, os representantes do setor primário foram os protagonistas. A reunião se deu ontem na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam). A regulamentação e regularização das Zonas Ecológico-Econômicas (ZEEs) no Estado foi o principal tema, que gerou a produção de um documento a ser enviado ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

 UCs

Outra reivindicação do setor é a revisão da criação de cinco Unidades de Conservação (UCs) feita pela ex-presidente Dilma Rousseff no último dia de seu mandato, enquanto aguardava a votação do processo de impeachment.

Todas no AM

As áreas totalizam cerca de 2,6 milhões de hectares. Foram criadas a Área de Proteção Ambiental dos Campos de Manicoré, as Florestas Nacionais do Aripuanã e de Urupadi, a Reserva Biológica do Manicoré e o Parque Nacional do Acari, todas localizadas no Estado do Amazonas, na região da bacia do rio Madeira.

Sintonia

O secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, se mostrou em sintonia com o discurso dos representantes do agronegócio. Para ele, o primeiro passo a ser dado é superar o entendimento de que há conflito entre desenvolvimento e conservação ambiental.

Fórum

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, a Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia já está sendo um fórum de debates para discutir questões estratégicas para o desenvolvimento social, econômico e ambiental da região amazônica.

Sucesso

Presidente da frente parlamentar, o deputado federal Pablo Oliva (PSL) considerou a audiência pública um sucesso, já que reuniu representantes de diversos segmentos sociais, da iniciativa pública e privada, além de enviados de municípios como Manicoré e Apuí.

Gasolina

Em pesquisa divulgada nesta sexta (9), o Programa de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM) constatou nova baixa no preço da gasolina comum em Manaus. O órgão avalia que trata-se do resultado de constantes fiscalizações e autuações realizadas nos postos de combustível da capital.

Prêmio

O presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), advogado Fábio Alho, será agraciado com o prêmio Abar 2019 a ser concedido pela Associação Brasileira das Agências de Regulação, durante a realização do XI Congresso Brasileiro de Regulação, em Maceió.

Experiência

A premiação se dará pela competência profissional que Fábio tem demonstrado como regulador de um importante segmento da economia e da vida dos cidadãos.

Prêmio

É neste sábado (10), às 15h, a 4º Caminhada do Respeito pela Acessibilidade na Cidade de Manaus, que tem como principal objetivo conscientizar e alertar o Poder Público da falta de acessibilidade no transporte público, nas escolas, postos de saúde e hospitais. A caminhada sai da Praça da Polícia e vai até o largo de São Sebastião.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.