Publicidade
Sim & Não

Furúnculo de Amazonino provoca tempestade em copo d'água

12/05/2017 às 20:56 - Atualizado em 12/05/2017 às 22:54
Show amazonino08888

O estado de saúde do ex-governador Amazonino Mendes (PDT) foi explorado à exaustão, nesta sexta-feira, mas pouca gente chegou perto do que está de fato acontecendo com o político, que é um dos nomes fortes cotados para a eleição suplementar de agosto. Amazonino desenvolveu um furúnculo que precisa ser extirpado. Só. A ida dele a São Paulo deve-se  a uma precaução de familiares, que pelo fato do político ser diabético insistiram que o procedimento fosse acompanhado pelos médicos que já cuidam dele há anos.

Boletim A boataria em torno do estado de saúde do ex-governador foi tão grande que, às 23h, o hospital Sírio Libanes emitiu boletim médico explicando o motivo da internação e anunciando o sucesso do procedimento. "A drenagem de abcesso transcorreu sem intercorrências e o paciente recupera-se bem", diz a nota assinada por Antonio Antonietto.

Mais um Integrantes da Força Sindical lançaram o nome  de Vicente Filizola (SD) para disputar o governo do Estado.   Os sindicalistas distribuíram por whatsapp panfletos e um vídeo em que Filizola afirma que topou o desafio “porque precisamos brigar pelos direitos dos trabalhadores”.

Pernada?  O grupo da Força, que reúne 32 sindicatos no Amazonas,  assegura que a candidatura foi articulada com o presidente nacional do Solidariedade e promete, ainda, tirar Henrique Oliveira, o vice-governador cassado, do comando estadual do partido.

Penca  Com o anúncio da pré-candidatura do SD, já são nove os nomes cotados para concorrer: Amazonino Mendes (PDT), Silas Câmara (PTB), Marcelo Ramos (PR), Eduardo Braga (PMDB), Wilker Barreto (PHS), Marcelo Serafim (PSB), José Ricardo Wendling (PT)  e Luiz Castro (Rede).

Confirmados Da lista acima, apenas Marcelo Serafim, Luiz Castro e José Ricardo foram confirmados por suas legendas. O aval ao nome de Marcelo Ramos pode sair hoje, no encontro estadual do PR, que acontece na ALE-AM.

Quase unânime Muitos vereadores, inclusive alguns que faziam oposição dura a José Melo (Pros), fizeram questão de manifestar apoio ao  governador interino, David Almeida (PSD). Gedeão Amorim e Marcel Alexandre, vereadores do PMDB foram à tribuna elogiá-lo.

Na paz O secretário estadual de Esportes, Fabrício Lima, visitou o governador cassado ontem e se surpreendeu com o estado dele. Melo, que prometeu recorrer até a última instância contra a decisão do TSE, estava “bem tranquilo”, disse Fabrício.

Xô, tristeza   Condenado com Melo, Henrique Oliveira não escondeu o desânimo. Em seu programa de TV, ele falou da decisão, que tirou dele “o sonho de ser um dia governador”, contou que tem buscado apoio na família e finalizou: “Mas agora é, xô tristeza!”.

Perigo O Sinetram voltou a defender a tese do fim do pagamento em dinheiro nas catracas ao apresentar, esta semana, dados da violência nos ônibus nos quatro primeiros meses do ano, quando 1.120 assaltos foram registrados.

Perigo 2 Goiânia e Campo Grande reduziram os assaltos a zero após abolir o dinheiro em espécie, informa o Sinetram. “Já temos tecnologia e estamos expandindo os pontos de venda de créditos, para que em um futuro bem próximo a população pague apenas com os cartões”, informou o presidente do Sinetram, Carmine Furletti.

Mandou matar   O fundador da Gol, Nenê Constantino, foi condenado a 16 anos de prisão pela morte de líder comunitário.  Márcio Leonardo, morto em 2001, coordenava grupo de 60 famílias que ocupavam terreno disputado pelos sem-terra e uma filha do empresário. Cabe recurso da decisão.