Publicidade
Sim & Não

TJ-AM vota nova lista de advogados

19/09/2016 às 22:20
Show advogado valendo01

Está na pauta de hoje do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) a escolha de um advogado para completar a lista tríplice de onde sairá o substituto da vaga de Affimar Cabo Verde no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). Entre os candidatos que ainda não ocuparam o cargo, o nome mais conhecido é o do advogado José Fernandes Júnior, que recentemente se livrou no TRF1 de uma condenação criminal por ofensa a uma promotora eleitoral no pleito de 2010.

Novela. O processo de escolha da vaga deixada por  Affimar Cabo Verde está sendo refeito. A lista tríplice chegou a ser eleita em junho, mas o TSE devolveu o processo para o TRE-AM substituir o nome de Felipe Thury, que fazia parte de outra lista e já foi empossado no cargo.

Suplente. Os desembargadores escolhem hoje também um novo suplente para a vaga de desembargador no Pleno do TRE-AM. O eleito vai substituir Jorge Lins, que renunciou à suplência ao assumir a vice-presidência do TJ-AM.

Avanço.  Do candidato a prefeito do SD, Henrique Oliveira, sobre pesquisa do jornal A CRÍTICA publicada no domingo: “Já melhorei 50%”.

Acreditam?  Henrique desmobilizou campanha que sua equipe planejava fazer contra as pesquisas publicadas desde o início da campanha. “Esfriem a cabeça. Eu tenho certeza do que estou vendo nas ruas”, declarou o candidato a sua equipe de marketing.

Na fé. Falando em pesquisa, o candidato a prefeito pelo PT, José Ricardo, diz que ainda não fez pesquisas internas de intenção de voto porque não tem dinheiro. Mas diz confiar que tem desempenho melhor que o medido até aqui.

Toda força.  Grupo de ex-deputados e parlamentares da base promoveu um encontro, ontem, para oficializar o apoio deles à candidatura de Marcelo Ramos (PR) a prefeito.

Eu acredito. Um dos deputados com mais mandatos é o líder do governo na ALE-AM, David Almeida (PSD). “O grupo está animado e confiante. Acreditamos na vitória”, diz o deputado.

Beaba 1.  A candidata a prefeita de Urucará, Jô Alves (SD), vai ter que vir fazer uma prova no TRE-AM para provar que sabe escrever. A política não apresentou comprovante de escolaridade, e teve o registro negado.

Beaba 2.  Jô recorreu da decisão, mas, na sessão de ontem, o pleno do TRE-AM decidiu que o registro de candidatura só será liberado após a candidata provar que sabe mesmo escrever.

Melhor não.  O presidente municipal do PMDB, vereador Marcelo Alexandre, diz que, se depender dele, o senador Eduardo Braga (PMDB) não aparece não campanha de ninguém. Segundo o político, o senador deve se preservar.

Já fez muito.  “Acho que ele deve se resguardar.  Chega de levar nas costas a responsabilidade de tudo . Na política amazonense, tudo é o Eduardo. Ele já está dando uma excelente contribuição à política local através do PMDB, do Marcos Rota e dos candidatos do partido”, declarou Marcelo.