Publicidade
Sim & Não

TRE leva 'case' do Amazonas à Polícia Federal

06/02/2018 às 22:02 - Atualizado em 07/02/2018 às 09:47
Show 8c284cbb cbd4 4687 8620 99ec3c0ecbfd

A experiência pioneira da Justiça Eleitoral do AM no combate às Fake News, testada discretamente no ano passado em parceria com o Facebook, foi apresentada ontem à direção da Polícia Federal, em Brasília, pelo presidente do TRE/AM, Yêdo Simões. O modelo poderá somar-se ao plano traçado pela PF e o TSE para combater a disseminação de notícias falsas. Em 2017, o TRE/AM fez um acordo com o Facebook no Brasil para que postagens com informações falsas fossem retiradas do ar.

Reforço “A nossa experiência, bem sucedida, pode ser agregada ao modelo brasileiro para as eleições 2018”, disse Yêdo Simões à coluna. Em Brasília, hoje, ele participa de reunião com o novo presidente do TSE, Luiz Fux.

Pleito A ida dos representantes do TRE/AM à capital federal teve como foco os preparativos para as eleições gerais no AM e a presença de forças federais. Ficou acertado que o Estado receberá, no mínimo, o mesmo atendimento do pleito anterior. 

De saída Embora organize a eleição deste ano, o desembargador Yêdo Simões entrega o comando do TRE/AM  até o dia 6 de maio. Ele será candidato à presidência do TJ/AM e já confirmou sua inscrição para a disputa. 

Concorrência O desembargador Domingos Chalub inflamou a corrida pela chefia da Corte de Justiça amazonense. Ontem, ele também confirmou sua inscrição tanto para concorrer à presidência quanto para buscar vaga na Corregedoria. Chalub tem até 24h antes da eleição para desistir de um dos postos.

Silogismo O procurador da República Alexandre Jabur, autor da denúncia contra a organização criminosa que arrancou dinheiro da Saúde do Estado, disse, ao tornar público o pedido feita à justiça, que a informação sobre a “depressão” de José Melo foi uma conclusão própria do juiz Ricardo Salles.

Medicina “Essa foi uma impressão pessoal (do juiz). Ele não é médico para atestar nada”, afirmou Jabur. “Essa foi uma impressão pessoal que ele (juiz) externou. Nem a defesa do próprio Melo solicitou isso, então, acho que não cabe nem comentar”.

Bagagem O presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado, senador Eduardo Braga (MDB), informou que vai cobrar do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a votação da suspensão da cobrança das bagagens por parte das companhias aéreas. A matéria já foi aprovada pelo Senado e o tema continua causando polêmica entre os passageiros.

Bagagem 2 No final de 2017, a Anac aprovou o fim da franquia obrigatória de bagagens despachadas em voos nacionais e internacionais. Com a medida, em tese, os preços das passagens aéreas cairiam, o que, até o momento, não aconteceu.

Benefício 1  Pela primeira vez os servidores da saúde lotados no interior do Estado terão direito a ticket alimentação. O anúncio foi feito  ontem pelo secretário de Saúde Francisco Deodato, em evento no Centro de Convenções Vasco Vasques.

Benefício 2  Deodato foi aplaudido ao anunciar a determinação do governo do Estado. Durante o evento, o governador Amazonino Mendes divulgou um pacote de R$ 125,5 milhões para a saúde no interior.