Terça-feira, 18 de Maio de 2021
Sim e Não

Turismo de natureza é a aposta do AM


5d4f75ed-1634-392f-ba30-8a39368de6f6_17263023-5453-4C36-A5E0-9A61F85FA246.jpg
23/04/2021 às 07:59

Em entrevista à coluna, o presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) Sérgio Litaiff, afirmou que já possui um cronograma para a retomada do turismo no Estado, apostando na peculiaridade que o Amazonas tem: turismo de natureza. “É o nosso diferencial. Acreditamos que a partir do momento de maior estabilidade,  nós seremos um dos destinos mais seguros” . Ele se refere aos estudos   que apontam   tendência  ao turismo de  contato com a natureza , com  possibilidade  de isolamento mesmo no pós-pandemia.

Acessível - Litaiff adiantou que a Amazonastur possui projetos a serem apresentados aos deputados estaduais e ao Governo do Estado para redução de tributos ao setor. “Com a redução de custos para estas empresas, a ideia é que se consiga, de alguma forma, tornar nossos pacotes mais atrativos. Hoje sabemos que boa parte dos turistas que buscam a Amazônia são estrangeiros. Mas nós queremos uma linha mais acessível ao público nacional”, frisou.

Segurança - Uma das ideias é tratar com o Governo Federal para que os trabalhadores do turismo sejam incluídos no Plano Nacional de Imunização (PNI) como grupo prioritário. Desta forma, a Amazonastur  também estuda padronizar, junto com os operadores de turismo,  protocolos de combate ao Coronavírus. “As medidas sanitárias  serão prioridades. Mas queremos criar um protocolo padrão. O turista que ainda não tiver se vacinado, por exemplo, deverá apresentar um teste antes de começar a desfrutar de seu pacote”, adiantou.

Adiada -  A definição sobre a ação que pede testagem em massa no Amazonas, para melhor detecção dos casos de Covid-19 e um panorama epidemiológico mais atualizado, foi novamente adiada. Uma audiência realizada ontem não trouxe uma resposta para ação, ingressada pela Defensoria Pública do Estado em 3 de maio do ano passado.

O primeiro - Foi o ex-senador José Lindoso  o primeiro amazonense da história a presidir o Congresso. O deputado federal Marcelo Ramos, atual vice-presidente da Câmara, foi o segundo de todos os tempos - o primeiro depois da Constituição de 1988. Ele presidiu a sessão na última segunda-feira e, naquele momento, noticiamos como se ele tivesse sido o primeiro.

Estreia - O ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas, delegado Alexandre Saraiva, estreou no Twitter e já chegou ‘cutucando’ o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles - estopim de sua exoneração do posto.

Homenagem? - Ele respondeu a uma publicação de Salles em que o Ministro publicou um vídeo fazendo uma homenagem aos serviços da Polícia Federal no combate ao meio-ambiente. Na publicação, Salles diz que “nenhum xiita em busca de holofotes vai conseguir ofuscar o nosso orgulho pelo trabalho desenvolvido pela PF”, em uma clara indireta a Saraiva.

Afiado - O delegado, por sua vez, não titubeou na resposta: “Posta um vídeo agora enaltecendo o IBAMA e o ICMBIo”, disse Saraiva.Tanto Ibama quanto ICMBio são braços fundamentais no combate ao desmatamento na Amazônia e vem sendo enfraquecidos na gestão de Salles.

‘Preguiçosos’ - Em discurso feito no início desta semana, no lançamento da Operação Cheia 2021, o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) revelou que tem tido "alguns embates" com "pessoas que querem somente um benefício pessoal, mas não querem se doar para a causa pública". Sem citar nomes, David revelou que tem recebido visitas de servidores com um pedido em comum: ficar à disposição.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.