Publicidade
Pinga Fogo

Twitter e Facebook podem sofrer sanções devido discursos de ódio e pornografia

19/02/2018 às 00:33 - Atualizado em 19/02/2018 às 00:35
Show 1174478

Twitter e Facebook não fizeram o suficiente para respeitar seus usuários, conforme pedido pela União Europeia ano passado. Caso não se adaptem, as empresas podem sofrer sanções, alertou a Comissão criada para cuidar do caso.

As principais queixas contra as redes sociais são falta de meios eficazes para tirar do ar ofertas comerciais ilegais e ausência de critérios claros para eliminar ofensas, discursos de ódio e pornografia infantil.

A Disney é a empresa de mídia mais valiosa do ano, com valor de mercado de US$ 32,6 bilhões, de acordo com o ranking Brand Finance divulgado semana passada. A francesa Canal+ é a que cresce mais rápido. O estudo avaliou 500 marcas.