Terça-feira, 19 de Janeiro de 2021
Editorial

União de esforços


show_show_show_WhatsApp_Image_2020-05-02_at_14.52.03_BC528CC8-3C9F-4DBA-BFA6-3577F6AD9BC8.jpeg
11/01/2021 às 06:56

A presença do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, hoje, em Manaus, é um sinal da gravidade da situação da pandemia no Estado, principalmente na capital. Não é momento para levantar as contestações que pesam sobre ele e todo o governo federal no enfrentamento da pandemia. Com Manaus em vias de enfrentar um cenário tão ou mais grave que o vivenciado em abril e maio do ano passado, toda união de esforços é bem-vinda. Entre as iniciativas que devem ser anunciadas hoje há ações profiláticas e de infraestrutura.

A estrutura do Sistema Único de Saúde deve ser reforçada com a abertura de mais leitos de UTI, chegada de equipamentos hospitalares, insumos e medicamentos, além da otimização do atendimento nos postos de saúde e hospitais. Ainda nesta semana, o Hospital de Campanha da Nilton Lins deve reiniciar atividades, recebendo pacientes com covid-19. Também serão anunciadas medidas preventivas, como a utilização de um novo método na atenção primária à Saúde (APS). O diagnóstico da doença poderá ser feito de maneira rápida em postos de saúde, com uso de um aplicativo de celular especialmente desenvolvido para essa função, permitindo o início imediato do tratamento, algo que pode fazer toda a diferença.

A medida mais esperada por todos – a vacinação – também será tema de alinhamentos entre o governo do Estado e o Ministério da Saúde. Se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) adotar alguma urgência na análise das vacinas que já solicitaram autorização para uso emergencial, o Brasil poderá, em breve, deixar o vergonhoso grupo de países que ainda não iniciaram a imunização de suas populações. Pelo quadro gravíssimo que enfrenta, e em face de sua complexa logística, o Estado deverá contar com atenção especial quando a vacinação começar, o que é esperado ainda para este mês.

Com Manaus imersa em dor pelas vidas perdidas para a pandemia, é preciso manter a esperança de que vamos superar esse período de enorme dificuldade. Diante do avanço da doença e das projeções disponíveis, resta-nos redobrar os cuidados no atendimento aos protocolos de segurança - como uso de máscara, distanciamento social e higienização correta e frequente - e pressionar por medidas eficazes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.