Publicidade
Sim & Não

Uso da PM durante campanha eleitoral de 2014 volta à pauta de julgamento do TRE

11/03/2018 às 21:14 - Atualizado em 11/03/2018 às 21:15
Show show 1

O deputado estadual Platiny Soares (DEM) é o único que tem algo a perder no julgamento que será retomado hoje no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). No processo, o ex-governador José Melo (Pros), o ex-vice-governador Henrique Oliveira (SD) e Platiny são acusados de utilizar a Polícia Militar para promoção eleitoral na campanha de 2014. Na semana passada, o juiz Felipe Thury pediu vistas. Como Melo e Henrique já estão cassados, Platiny passa a ser a principal parte interessada.

Defesa

As defesas até tentaram provocar o arquivamento da ação, alegando ausência de “interesse de agir”, uma vez que Melo e Henrique já tiveram seus mandatos cassados. Porém, o relator do caso, desembargador João Simões, entendeu que há outros investigados que podem ter declarada a inelegibilidade, como é o caso de Platiny.

Sombra

O deputado federal Silas Câmara (PRB) permanece como companhia inseparável do governador Amazonino Mendes nesse período pré-eleitoral. Neste final de semana, Silas foi o único político com mandato a acompanhar Amazonino no município de Novo Airão, onde houve a entrega de títulos definitivos de terra.

Títulos

A entrega de títulos definitivos é uma política retomada por Amazonino e que deve ser intensificada nos próximos meses. Somente na atual gestão, já foram entregues cerca de 4 mil títulos na capital. O interior acaba de entrar no calendário de entregas.

Reunião

Por falar em período pré-eleitoral, está intensa a movimentação de pré-candidatos na periferia da cidade. No sábado (10), houve uma reunião na rua dos Pinheiros, bairro Jorge Teixeira, 2º Etapa, na Zona Leste, para tratar do programa Minha Casa Minha Vida com os “convidados” Mário Barros e o vereador Dante, ambos do PSDB do prefeito Arthur Neto.

Alvos

Outras reuniões estão sendo agendadas. O público-alvo são lideranças comunitárias, presidentes de clubes de mães, coordenadores de igrejas, de ligas esportivas e qualquer um que exerça certa influência sobre um número razoável de pessoas. 

Retorno

Enquanto isso, o prefeito Arthur Neto (PSDB) deve retornar à capital nesta semana após viagem à Europa. Arthur vai cancelar parte da agenda que ainda teria a cumprir fora de Manaus, mas o dia exato do retorno do prefeito não foi revelado. O vice Marcos Rotta (PSDB) tem atuado como prefeito interino.

Reação

A divulgação do lançamento de editais de apoio cultural por parte da Prefeitura de Manaus no Facebook acabou surtindo um efeito inesperado: nos comentários da publicação, internautas aproveitaram para protestar contra a remoção de instrutores de atividades físicas do Centro Social Vale do Amanhecer, em Petrópolis, que atende a grupos de mulheres e idosos.

Sudam

O clima entre os empresários de Manaus é de insatisfação com o desempenho de deputados e senadores na luta pela prorrogação dos incentivos da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), que terminam em 31 de dezembro deste ano.

Cochilo

Para as lideranças empresariais, a bancada cochilou ao não assegurar a prorrogação dos incentivos administrados pela autarquia já no ano passado, uma vez que, neste ano, o tempo será mais curto por conta da Copa do Mundo e das eleições.