Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
Editorial

Vitória dos brasileiros


flamengooooooooooooooooooooooooo_41D294B5-F623-4BB8-89A8-5A35DA5A0525.jpg
25/11/2019 às 09:17

O Clube de Regatas do Flamengo é o Campeão da Copa Libertadores da América e campeão brasileiro, com a possibilidade de ser campeão mundial ainda neste ano –  é  verdade que existem outras glórias no futebol brasileiro até mais expressivas, equipes como Grêmio, São Paulo e Santos de Pelé podem se orgulhar de feitos ainda maiores – mas a conquista rubro-negra tem um significado diferente.

O que é difícil para os brasileiros de modo geral é admitir que os títulos conquistados pelo Flamengo no último final de semana representam algo de muito significativo para o País. No que diz respeito à Copa Libertadores, principal competição continental, o título do Flamengo neste sábado sobre o River Plate, em Lima, no Peru, fez o Brasil reduzir a vantagem da Argentina na disputa direta entre os dois países na disputa continental. Os argentinos ostentam 25 títulos, contra agora 19 dos times brasileiros, uma conta que é ignorada pela maioria dos torcedores não flamenguistas, mas que é motivo de orgulho para nossos vizinhos argentinos.

No último sábado, o Brasil parou para torcer, seja pela vitória, seja pela derrota da equipe brasileira. Para alegria de muitos e tristeza de um contingente ainda maior, o Flamengo venceu. Há uma minoria de torcedores, mais maduros, que conseguem fazer uma leitura mais completa. Conseguem ver que a atual fase do Flamengo é, como outras fases vividas por outras equipes, apenas uma fase que, assim como ocorreu antes, vai passar. Mas a próxima fase do Flamengo pode ser de decadência – como muitos esperam -, de estabilidade ou de ascendência. Saberemos no próximo ano. O fato atual é que as inovações promovidas pelo técnico Jorge Jesus renderam resultados, e o maior deles é colocar os grandes times brasileiros com um grande desafio: como ser melhor, ou , pelo menos, ser competitivo?

É possível que o desempenho da equipe de Jorge Jesus, que já é histórica, quebrando vários paradigmas até então tidos como “pétreos” no futebol brasileiro, estimule os demais times brasileiros a buscar o caminho da inovação. E neste ponto não falamos apenas de aspectos táticos, mas também do feijão com arroz. Os feitos do Flamengo só foram possíveis após a solução das questões financeiras e de gestão. Algo que todas as grandes e pequenas equipes brasileiras precisam ter em foco.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.