Publicidade
Sim & Não

Wilson terá ‘trabalheira’ para consertar rombo, diz Arthur

11/01/2019 às 20:15
Show arthur e wilson 1540fd8c 2121 44f0 a4f9 18af9a0c13ce

O prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) definiu como “franca e futurosa” a conversa que teve nesta sexta-feira (11) com o governador Wilson Lima (PSC), na sede do governo. O tucano disse estar ciente do esforço que o novo governo terá para ajustar as contas do Estado. “Sei a trabalheira que vai dá para consertar isso aí”, disse Arthur ao SIM&NÃO. “Recebi da mesma pessoa (Amazonino Mendes) a Prefeitura em 2013, (com) dívidas de R$ 347 milhões, um buracão enorme. Ele (Wilson) só vai saber o tamanho do rombo depois de algum tempo”.

Purgatório Na avaliação de Arthur, o governo Wilson Lima ainda passará “por maus bocados” diante das dívidas herdadas, “até chegar a uma situação de equilíbrio”.

Torcida Ainda sobre a conversa com o governador, o prefeito afirmou: “Espero que seja um relacionamento bem diferente daquele que tive com antecessores”. Conforme Arthur, “depois de tantos fracassos”, o Amazonas precisa de um bom governador.

Futuro Nas redes sociais, Wilson Lima registrou o encontro com Arthur e disse que “briga” e “puxa-encolhe” não resolvem nada. “Todo mundo perde”, comentou. “Tenho certeza que esse encontro vai render bons frutos”. 

Reação Membros do Ministério Público do Estado (MPE/AM) reagiram à notícia publicada ontem pela coluna, que tratava do arquivamento da apuração que investigou o gasto de R$ 11,9 milhões para a elaboração do projeto básico do sistema BRT, que nunca saiu do papel. A decisão é da promotora Neyde Trindade.

Não terminou Conforme registraram membros do MP, o ponto final ao caso só poderá ser dado pelo Conselho Superior do Ministério Público, para onde o despacho para o arquivo foi remetido. Um dos motivos que levou a promotora Neyde Trindade a concluir pelo arquivamento foi a falta de perícia técnica, conforme ela mesma registra no Diário Oficial do órgão. 

 

Meios O arquivamento do inquérito que investigou o Projeto BRT foi criticado internamente no MPE/AM. À coluna, um procurador comentou: “A promotora da defesa do patrimônio público pode até não reunir condições técnicas pra investigar eventual  desvio de recursos públicos, mas o Gaeco tem”.

Quarteto  Os deputados federais eleitos Marcelo Ramos (PR), Sidney Leite (PSD), Alberto Neto (PRB) e Pablo Oliva (PSL) passaram o dia na Fieam, nesta sexta, recebendo instruções elaboradas por professores de grife sobre a ZFM.

Fantástico  Segundo Sidney Leite, o encontro foi um marco. De tão proveitoso, ficou acertado que “aulões” como esse se repetirão com frequência.

Análise O chefe da Casa Civil, Leandro Benevides, discutiu com o setor  jurídico da Arsam, esta semana, alterações no projeto que delega ao órgão a atribuição de fiscalizar o transporte aquaviário intermunicipal. O processo está em trâmite desde 2008 e passará por mudanças na gestão do novo diretor-presidente da entidade, Acram Isper Jr.

É BIC?  Com só 12 dias no cargo, o novo presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (PSDB), segue usando o poder da caneta. Ontem, nomeou mais 91 servidores comissionados, entre assistentes, coordenadores e secretários de comissão.