Estuprada e grávida

Criança de 11 anos da zona rural de Parintins foi estuprada e está grávida

Mãe da vítima soube do caso pelos vizinhos

Portal A Crítica
24/03/2021 às 16:16.
Atualizado em 22/03/2022 às 15:25

Uma criança de apenas 11 anos e moradora da Comunidade Gleba de Vila Amazônia, em Parintins (distante 269 quilômetros de Manaus) está grávida após ter sido estuprada. A mãe da menina soube do fato pelos vizinhos.

Ao ser questionada pela mãe se os comentários eram verdadeiros, a menina negou a informação. Então, a mãe foi procurar o homem acusado pelos vizinhos por ter cometido o estupro e ele também negou o ato.

No entanto, a mãe levou a criança até uma unidade de saúde, onde foi constatada a gravidez. A partir daí, a criança afirmou que havia sido estuprada por um homem que havia passado pela comunidade e que mora na zona rural de Parintins.

O caso foi registrado na Delegacia de Parintins na última segunda-feira (22). A conselheira tutelar Iris Silva acompanhou o caso e falou com exclusividade ao Portal de notícias CNA7. “Ela (criança) passou por uma avaliação médica, orientação de enfermagem e atendimento psicológico. Hoje (ontem) ela realizou exames laboratoriais e ultrassonografia obstétrica para saber o tempo gestacional”. Os detalhes sobre a gravidez não foram divulgados.

Denúncias

O Conselho Tutelar tem recebido inúmeras denúncias de estupro de vulnerável. No caso da criança de 11 anos, a mãe conta que não sabia que a menina estava sendo estuprada.

A titular da Delegacia da Mulher da Criança e do Adolescente não quis falar sobre as investigações do caso por estar em andamento. De acordo com o artigo 217 do Código Penal, ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos a pena é de 8 a 15 anos de reclusão.

A matéria foi originalmente publicada no Portal CNA7.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por