Aumento de repasse

Prefeitura aumenta tarifa de ônibus repassada às empresas de transporte de Manaus

Valor para o usuário permanece no valor de R$ 3,80

Lucas Vasconcelos
19/12/2020 às 16:14.
Atualizado em 09/03/2022 às 11:02

(Foto: Arquivo A CRÍTICA)

Em decreto publicado na última sexta-feira (18), o atual prefeito de Manaus, Arthur Neto, estabeleceu o valor da tarifa de remuneração do transporte da capital em R$ 4,51. O antigo valor repassado era de R$ 3,85.

Segundo o Decreto n° 4.969, assinado por Arthur, esse é o valor com subsídio pago pela prefeitura às empresas de transporte. A tarifa pública, que é o preço pago pelo usuário, permanece em R$ 3,80.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), o usuário do transporte coletivo não será afetado.

“Segundo a lei, a tarifa de remuneração refere-se ao ressarcimento aos operadores dos reais custos, em função da prestação dos serviços especificados pelo poder público. Por outro lado, a tarifa pública é o valor pago da passagem paga diretamente pelo cidadão pela utilização do serviço”, informou em nota.

Ainda conforme a publicação, o decreto foi estabelecido com o intuito de “retroagir os efeitos causados desde outubro de 2020”. Vale ressaltar, que nos últimos dois meses, os trabalhadores rodoviários realizaram diversas paralisações ameaçando entrar em greve por conta da falta de pagamento salarial e cumprimento de acordos firmados entre o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviarios de Manaus (STTRM) com o Sinetram.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
Portal A Crítica - Empresa de Jornais Calderaro LTDA.© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por