Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

Associação sugere a Bolsonaro que desista do Fundo Amazônia


heleno_bolsonaro_0917E84A-F9EB-435C-B9A0-49260CDE67D3.jpg Foto: Marcos Corrêa/PR

A Associação PanAmazônia enviou carta ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) manifestando-se contra a intenção do Governo Federal de ampliar a taxação das empresas da Zona Franca de Manaus (ZFM) para bancar o Fundo Amazônia, que segundo a entidade nem precisaria ser criado.

“A Amazônia não precisa de fundos para sua preservação, mas sim de atividade econômica e prosperidade. O governo deveria criar condições para a livre iniciativa atuar. Uma economia regional pujante é a melhor garantia de conservação dos biomas amazônicos”, pontua a carta, assinada pelo diretor executivo da PanAmazônia, Belisário Arce.

O documento expressa preocupação com a notícia de que o financiamento do fundo viria de empresas locais e assinala: “Tomamos a liberdade de alertar que tal medida, ao onerar mais ainda o processo produtivo, teria consequências danosas para a competitividade do modelo Zona Franca de Manaus, o qual já enfrenta inúmeras dificuldades”.

Na visão da PanAmazônia, a medida é injusta, uma vez que as empresas instaladas no Pólo Industrial de Manaus “já contribuem enormemente para a proteção da floresta”.

A carta da Associação, que é formada por empresários da região, será entregue pela conselheira Luana Campos em mãos ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Segundo Belisário Arce, já há um compromisso do GSI em assegurar que ela chegue, de fato, ao conhecimento e à consideração do presidente.

Confira a íntegra da carta:


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.