Terça-feira, 19 de Janeiro de 2021

Diretora da FVS e infectologista Marcus Lacerda estão com Covid-19

Desde o início da pandemia atuando na linha de frente, farmacêutica que comanda a FVS-AM e médico referência no combate à Covid anunciaram diagnóstico


FVS_LACERDA_75B4492E-6739-41C4-87AD-381126AC5DF5.JPG

Dois dos principais nomes que estão na linha de frente desde a chegada da pandemia do coronavírus  ao Amazonas tiveram diagnóstico positivo confirmado nesta quinta-feira (7): a presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, Rosemary Pinto, e o infectologista e pesquisador Marcus Lacerda.

Segundo a Secretaria de Estado de Comunicação, Rosemary testou positivo para o vírus Sars-Cov- 2, que causa a doença Covid-19, na última terça-feira (05/01). Rosemary encontra-se estável, em isolamento social e tratamento domiciliar.

Já Marcus Lacerda informou sobre o diagnóstico por meio do Instagram. Segundo ele, mesmo com todas as medidas de precaução, foi diagnosticado por meio de exame RT-PCR. "Profissionais de saúde são muito expostos mesmo. Passo bem e estou orientando alguns pacientes pelo telefone, na medida do possível. Estou usando apenas paracetamol para dor no corpo", informou ele.

Responsável por uma das primeiras pesquisas do país sobre o uso da cloroquina no tratamento contra a Covid-19, que ajudou a comprovar a total ineficácia da medicação nestes casos, Marcus Lacerda é sócio da Clin Manaus, clínica de infectologistas que tem atendido centenas de pacientes nas últimas semanas.

A clínica, inclusive, anunciou hoje, também via Instagram, que "parte do corpo clínico recebeu o diagnóstico de Covid-19" e que havia apenas um infectologista da equipe atendendo. "Pedimos que busquem outros médicos até que nosso corpo clínico se restabeleça", informou a Clin Manaus, que suspendeu os atendimentos domiciliares.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.