Segunda-feira, 01 de Março de 2021

Ex-ministros pedem socorro da França, Alemanha e Noruega para controlar Covid-19 na Amazônia

No texto, os ex-ministros ressaltam que a Amazônia está sendo devastada “por dupla calamidade pública, ambiental e de saúde”.


Marina1-2-2-868x644_F2D5D90F-A1BB-4E3F-8580-A8C34F4DBCEE.jpg

Noves ex-ministros do Meio Ambiente do Brasil enviaram carta ao presidente da França, Emmanuel Macron, à primeira ministra da Alemanha, Angela Merkel e à primeira ministra da Noruega, Erna Solberg, pedindo socorro para as populações mais frágeis e vulneráveis da Amazônia, que sofrem com a crise sanitária sem precedentes na região.

Eles afirmam  saber que, por experiência, nem o governo federal nem os governos locais possuem todos os meios indispensáveis para socorrer as populações. “É por esse motivo que nos permitimos dirigir um veemente e emocionado apelo a Vossa Excelência, em favor de imediata ajuda a essas populações, sob a forma de doação de materiais, equipamentos e medicamentos vitais para assegurar a sobrevivência deles”.

No texto, os ex-ministros ressaltam que a Amazônia está sendo devastada “por dupla calamidade pública, ambiental e de saúde”. “Incêndios criminosos, em larga escala, durante o período de estiagem, agravaram enormemente os problemas respiratórios causados pela pandemia da Covid-19, contribuindo para a elevada taxa de óbitos na Amazônia”.

Os ex-ministros afirmam, ainda, que grande parte dessas populações que estão sendo dizimadas pela pandemia “são justamente as detentoras de valiosos conhecimentos tradicionais associados aos recursos naturais". "Esses grupos são também os principais guardiões da floresta, da qual necessitam para sua própria sobrevivência e cujo modo de vida e valores culturais os levam a conviver harmoniosamente com a biodiversidade”, diz um trecho da carta.

Entre os materiais solicitados aos países desenvolvidos, estão: concentrador de oxigênio, usinas de produção de oxigênio medicinal, equipamentos para a instalação de unidades de terapia intensiva, macas, oxímetros,  bi-level positive airway pressure (bipap), compressor que infla as vias aéreas superiores (vpap) e remédios usados no tratamento hospital da Covid-19.

A carta é assinada por José Goldemberg, Rubens Ricupero, Gustavo Krause, Izabella Teixeira, José Sarney Filho, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc e Edson Duarte.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.