Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Lista tríplice: João Simões e Nélia Caminha votam apenas na favorita

Podendo escolher até três nomes para a vaga na Corte do TJ-AM, João Simões e Nélia Caminha votaram apenas em Vânia Marques Marinho, que será a próxima desembargadora.


joaonelia_B994506A-7801-42A8-8C45-18DA617CE76E.JPG

Na eleição para a escolha da lista tríplice para a vaga aberta na Corte do Tribunal de Justiça do Amazonas,o  desembargador João Simões e a desembargadora Nélia Caminha foram os únicos que escolheram apenas um nome: o de Vânia Marques Marinho.

Cada um dos desembargadores - foram vinte os votantes - poderia escolher três, dos seis nomes encaminhados pelo Ministério Público do Amazonas, para ocupar a lista tríplice. Mas Simões e Caminho votaram apenas em Vânia, irmã do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell e favoritíssima para ocupar a vaga deixada por Djalma Martins.  

Dos vinte votantes, Vânia recebeu vinte votos. Completam a lista tríplice Luiz Alberto Dantas, com 9 votos, e Mirtil Fernandes do Vale, com 7. Carlos José Alves também teve sete votos, mas ficou de fora por critérios de antiguidade.

O governador Wilson Lima irá escolher entre Vânia, Luiz Alberto e Mirtil Fernandes para ser o próximo desembargador. Aclamada no MP-AM e também no TJ-AM, Vânia deve ser conduzida nas próximas horas ao posto de desembargadora.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.