Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

Novo veta candidato a vereador e expõe racha


paulo_novo_1CF0CB72-4EE5-4959-9C54-74016FBD2280.jpg Post de Paulo Thomaz no Instagram

Por falta de "respeito e obediência", o partido Novo, em Manaus, impugnou a pré-candidatura a vereador do empreário Paulo Thomaz Correa.

No documento com a decisão do partido, o relator do caso afirma que Correa estava tentando convencer outros filiados a votarem contra a chapa para prefeito encabeçada pelo também empresário Romero Reis.

Para a direção do Novo, o fato de haver um contraditório dentro da legenda representa "absurda e desmedida agressão aos princípios estatutários".

Em post nas redes sociais, o empresário vetado confirma que fazia campanha contra a pré-candidatura de Romero Reis, mas diz que não vê motivo para ser punido por isso e denuncia que não há democracia na legenda, criada para ser um contraponto à velha política.

"Fui impugnado única e exclusivamente porque me levantei contra o pré-candidato a prefeito. Ainda nem teve a convenção para escolha do candidato, mas parece que (no Novo) a convenção só serve para quem vai votar a favor. Essa é a 'democracia' dentro do partido", reclama Correa.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.