Sábado, 19 de Junho de 2021

Omar faz apelo ao Governo Federal por ações preventivas na Segurança

Senador do Amazonas pediu especial atenção às fronteiras e lembrou que Bolsonaro foi eleito defendendo pauta do combate ao crime


omar_aziz_0806_foto_de_jefferson_rudy_9FDFA81E-B82A-4BCA-BB55-08999D437D74.jpeg Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Omar Aziz (PSD), presidente da Comissão de Segurança Pública, fez hoje um apelo ao Governo Federal para que atue preventivamente no combate ao crime organizado. Na abertura da CPI da Pandemia, também presidida por ele, Aziz sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dê uma atenção especial às fronteiras do País.

“Não temos proteção nenhuma nas nossas fronteiras. As drogas e armas pesadas entram pelas fronteiras sem ter nenhum aparato (de Defesa). O que acontece nas cidades é que depois que essas drogas e armas entram, quem tem que cuidar é a polícia militar e civil. Temos que fazer esse trabalho preventivo”.

O senador do AM revelou que ainda no domingo, 5, dias dos ataques em série que aterrorizaram Manaus e algumas cidades do interior, ele ligou para o ministro da Justiça, Anderson Gustavo Torres, pedindo ajuda. 

“Agora faço esse apelo também ao presidente Bolsonaro, que se elegeu com essa pauta, da Segurança Pública: o Poder Público não pode permitir que facções e comandos sejam donos de uma cidade ou estado”, pontuou Aziz.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) informou que solicitou o apoio da Força Nacional para o Amazonas e afirmou que, em nota, o Ministério da Justiça afirmou que a inteligência da Polícia Federal negou que as ordens para os ataques vieram de dentro de presídios.

Eduardo Braga (MDB-AM) disse que os ataques em Manaus geraram pânico, insegurança e colocou unidades de Saúde em perigo. “A cidade Manaus foi paralisada pelo medo”, disse.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.