Sábado, 19 de Junho de 2021

'Pazuello foi o mais dissimulado', diz Omar sobre depoimentos à CPI

Presidente da Comissão fez análise dos depoimentos tomados até aqui na CPI da Pandemia


Omar_Aziz_na_Globonews_E9B370AA-5B22-4774-874E-FBA46A53CE0F.JPG Reprodução/Internet

Em entrevista à Globonews na manhã desta segunda-feira, o presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM), classificou o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello como o mais "sonso e dissimilado" até aqui. A CPI completou um mês de trabalhos na quinta-feira passada.

"Para cada fato vergonhoso dele no ministério (da Saúde), ele tinha uma versão. Foi o mais dissimulado", avaliou Omar sobre Pazuello, que depôs à CPI com a proteção de um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal.

Para amanhã, está previsto o depoimento da médica Nise Yamaguchi, que seria uma das consultoras "paralelas" do Governo Federal (fora do Ministério da Saúde) e teria chancelado a tentativa de mudança na bula da cloroquina para que fosse usada contra covid-19.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.