Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Saída de Ernesto Araújo é 'clamor pela salvação do Brasil', diz Omar

O senador pelo Amazonas foi mais a engrossar o coro pela saída do ministro das Relações Exteriores, que vive fase de fritura e deve deixar o cargo


OMARNOVA_36338C7E-94B0-44F1-9040-AE227678A84C.JPG Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Omar Aziz (PSD-AM) subiu o tom nas críticas ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Para o parlamentar, que acabou de assumir a Comissão de Segurança Pública do Senado, o pedido de demissão de Ernesto é "um clamor pela salvação do Brasil".

Em fase de 'fritura' no Congresso Nacional, Ernesto é membro da ala ideológica do governo, o que acaba sendo um empecilho feroz nas tratativas para a busca por vacinas. "Hoje não temos diálogo com nenhum país para a compra de vacinas contra o coronavírus e quantidade necessária para o Brasil por conta da ideologia cega do ministro Ernesto", afirmou o senador.

Omar usou como exemplo a péssima relação do Brasil com os Estados porque,segundo ele, o "nosso ministro menosprezou a possibilidade de retorno dos Democratas ao comando do País" e destacou que quem ocupa este posto não pode ter ideologias. "A pessoa que ocupa esse cargo tem que que tratar com a China, EUA e outros países com pensamentos culturais diferentes e deve ter boa relação com todos".


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.