Quinta-feira, 04 de Março de 2021

Secretário testa positivo para Covid dias após tomar primeira dose da vacina

Sabá Reis teve os primeiros sintomas da doença três dias após ser receber primeira dose, e pode ter sido vacinado já contaminado; proteção só se dá após duas doses da Coronavac


50822401186_57a6e1e984_c_55101E66-7BF0-474F-AD54-A0ACD0C56C8A.jpg Foto: Dhyeizo Lemos / Semcom

O secretário municipal de Limpeza Urbana, Sabá Reis, testou positivo para a Covid-19. O resultado foi divulgado pela Prefeitura de Manaus, nesta segunda-feira, após exame de RT-PCR feito neste domingo, em São Paulo, onde o secretário está.

De acordo com a Prefeitura de Manaus, ele se afastou do trabalho na sexta-feira (22) após picos de hiper e hipoglicemia. Diabético, ele precisou de atendimento médico e optou por ir a São Paulo por conta da lotação dos hospitais em Manaus.

Os primeiros sintomas de covid foram sentido por Sabá três dias depois que ele foi vacinado  contra a doença- o que aconteceu no dia 19, segundo lista oficial da Prefeitura de Manaus. Sabá é um dos acusados de 'furar a fila', já que a primeira remessa da vacinação era somente para idosos e profissionais de saúde da linha de frente do combate à pandemia.

Existe a possibilidade de que, quando foi vacinado, Sabá já estivesse contaminado com o vírus, e só veio manifestar os sintomas depois. Mesmo que não tivesse, a Coronavac, vacina que o secretário tomou, necessita de duas doses para garantir a proteção contra a doença - a segunda dose deve ser tomada de 14 a 28 dias após a primeira.

É justamente por conta dessa janela de contaminação que as autoridades de saúde recomendam que as medidas do protocolo sanitário, como o distanciamento social e o uso de máscaras, devem seguir. O controle de fato da pandemia só vira após a imunização de pelo menos 70% da população, o que ainda está longe de acontecer no País.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.