Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

Sob pressão, Josué "aposenta" o deboche


josue_gas_FCADC1EA-248B-4E22-99C5-425A58CE0CEF.jpg Josué Neto participa da sessão por videoconferência

Sem as expressões  debochadas que vinha utilizando ao defender o projeto da nova lei do gás, o presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto, voltou a tocar no assunto ontem.

De casa, onde se recupera de um acidente que sofreu de jet ski, o deputado mudou o tom ao cobrar  do Governo o projeto de abertura do mercado do gás.

Serafim Corrêa, que já havia criticado a forma irônica como Josué abordava o tema, até o elogiou: “muito equilibrado, muito sereno”.  

Segurou a onda 

No mês passado, A CRÍTICA denunciou que a empresa de publicidade ligada a Josué faturou mais de R$ 1 milhão da Eneva, principal interessada na abertura do gás no Estado.

Nos bastidores, dizem que ele resolveu baixar o tom após uma série de denúncias de que há  interesses pessoais  em jogo.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.