Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Spray nasal de Israel deve ser testado no Amazonas

A embaixada confirmou ao deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM) que, quando liberado, o Amazonas será prioridade na testagem. 


EXO-CD24-_-spray-covid-696x483-1_7413E826-1AC6-4B3E-96A3-B25C419ADECA.jpg

Depois de ter sido chamado de “produto milagroso” pelo presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM) se reuniu, nesta quinta-feira (4), com a Embaixada de Israel para pedir prioridade ao Amazonas na testagem do spray Exo-CD24, que tem sido usado pelo país para auxiliar no combate à Covid-19. A embaixada confirmou que, quando liberado, o Amazonas entrará como prioridade. 

O spray não possui eficácia comprovada contra o vírus, mas o Governo Federal já sinalizou o interesse em negociar a vinda do produto, que deverá passar primeiramente pela aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A intenção é que a terceira fase da medicação seja testada no Brasil.

O deputado Pablo se reuniu com o chefe do departamento político da Embaixada de Israel, David Atar, para pedir prioridade. A sinalização foi positiva, segundo informou fontes da coluna, principalmente por conta da variante do Coronavírus chamada P1, que surgiu no Amazonas. “Em Israel eles não tem essa variante e acharam interessante a ideia de fazer a testagem em Manaus, justamente para comprovar a eficácia do spray. Eles querem que seja testado no Amazonas”.

O spray israelense curou 29 dos 30 pacientes em 3 a 5 dias, segundo  publicação do Centro Médico Ichilov, de Israel.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.