Sábado, 19 de Junho de 2021

TCE vai gastar até R$ 708,9 mil na compra de três picapes

Veículos com kit multimídia, câmera de ré, sensor crepuscular e que ligam até sem a chave serão usados para a fiscalização de obras, segundo o TCE


Chevrolet-S10-2021-2_2D1EB7AC-6887-4301-8203-D39ED6A6611A.jpg

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) prevê gastar R$ 708,9 mil na compra de três picapes cabine dupla com tração 4x4 e diversos opcionais de luxo para a frota do órgão. 

O edital já foi lançado e as propostas apresentadas pelas empresas devem ser abertas no dia 9 de junho, em sessão pública do pregão presencial. De acordo com o edital, a compra dos veículos visa atender as necessidades de deslocamento da Ouvidoria e Corregedoria da Corte. 

"É absolutamente necessário no contexto atual para o desempenho das atividades da Corte, a aquisição de veículos mais altos, robustos e seguros, apto a enfrentar os maiores e difíceis deslocamentos, em decorrência do estado, por vezes precário, das rodovias, estradas e ramais do Amazonas. Em especial a fiscalização de obras públicas rurais e eventos de natureza Ambiental", diz a justificativa apresentada no edital.

Para desempenhar tais funções, o TCE-AM vai comprar veículos com motor entre 2.5 e 2.8, com câmera de ré, chave canivete com controle remoto e sistema Keyless – partida sem chave no botão, sensor de chuva para acionamento do limpador do para-brisa, sensor crepuscular para acendimento dos faróis, kit multimídia com tela touch screen, piloto automático, mínimo de 4 tomadas de 12V e USB na cabine e 1 na caçamba, entre outros itens. 

Cada veículo, segundo o edital, deve custar, no máximo, R$ 236.324,40. Quem apresentar o menor preço vence o pregão, tendo o prazo de 60 dias para entregar os veículos - podendo ser prorrogado por mais 30 dias. 


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.