Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Zé Ricardo cobra informações sobre "trapalhada" do MEC

Reportagens de veículos nacionais mostram que mais de R$ 700 milhões do Fundeb foram pagos por engano a três estados, enquanto outros seis ficaram algumas semanas com déficit no repasse


jose_ricardo_sessao_virtual_B63352B2-ABB7-4C44-BB78-E55CEE67688F.jpg Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O deputado federal Zé Ricardo (PT-AM) encaminhou ao Ministério de Educação requerimento de informações sobre erros em transferências para os Estados de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no valor de R$ 766 milhões.

Segundo a Folha de S. Paulo e Jornal de Brasília, o erro ocorreu em janeiro de 2021, com a primeira parcela da complementação que a União faz ao fundo. De R$ 1,18 bilhão previsto, R$ 766 milhões foram repassados equivocadamente pelo FNDE para três Estados. Por outro lado, R$ 383 milhões deixaram de ser pagos ao Amazonas, Bahia, Maranhão, Pará, Pernambuco e Piauí.

A reportagem informa que o desfalque ocasionado pelo erro foi coberto em algumas semanas com recursos da própria União, que agora tentar "pegar de volta" os valores repassados por engano para cobrir o rombo. O deputado do AM pede que o MEC coloque na ponta do lápis essa conta e apresente à sociedade, para assegurar que nenhum município do Amazonas ficou no prejuízo.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.