Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Zé Ricardo fica sem programa eleitoral nesta sexta-feira

Juíza da propaganda eleitoral aceitou o pedido de Amazonino Mendes contra o petista.


show_MONTAGEM_DC64263A-3E65-44FF-BF83-69BC6D0BFEC8.jpg

O candidato pelo PT, José Ricardo, ficou sem programa eleitoral nesta sexta-feira (6) por conta de determinação judicial. A juíza da propaganda eleitoral Sanã Nogueira aceitou o pedido de Amazonino Mendes (Podemos) contra Zé, que usou a frase “então morra” em uma de suas propagandas. Este é o primeiro dia que a propaganda foi retirada do ar após sentença, proferida em outubro. 

De acordo com José Ricardo, ele irá recorrer à decisão, uma vez que o candidato da Coligação ‘Juntos Podemos Mais’realmente disse a frase para uma moradora da comunidade Santa Marta, na Zona Norte. Mas, no entendimento da magistrada, a expressão está sendo utilizada pelo petista fora do contexto original, pois “não se presta a propaganda eleitoral a difundir ofensas ou conceitos dúbios aos opositores e concorrentes de um pleito eleitoral””. 

Na propaganda, José Ricardo declarou que “não é normal desprezar famílias humildes gritando: Então morra”. Ao analisar o conteúdo na inserção, a magistrada afirma, ainda, “ao menos em um juízo provisório”, é apresentada alusão a fala fora de contexto do Amazonino e torna a informação incompleta e, potencialmente, tendenciosa.


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.