Publicidade
Entretenimento
Abre Biblioteca

Movimento vai ‘ abraçar’ prédio da biblioteca pública do Amazonas

Ato simbólico quer sensibilizar a sociedade e autoridades para que o prédio que está fechado há cinco anos reabra e volte a funcionar 13/07/2012 às 13:52
Show 1
Prédio da Biblioteca Pública do Amazonas está fechado há cinco anos
Cassandra Castro Manaus

Um abraço de saudade e um ato de protesto.  Na próxima segunda-feira (16), organizadores e simpatizantes da campanha “ Abre Biblioteca” vão pra as ruas de Manaus em um ato público que vai cobrar uma data definitiva de reabertura do prédio da Biblioteca Pública do Amazonas que está fechado há cinco anos.

A ideia de mobilizar as pessoas em torno da reabertura da biblioteca partiu da união inicialmente de quatro amigos, como conta a bibliotecária Soraia Magalhães.  Apesar de ser amazonense, Soraia viveu fora  de Manaus por um tempo e quando retornou há três anos , deparou-se com o prédio da biblioteca fechado para reformas.  “ Eu acompanho esta situação desde que voltei e conversei com alguns amigos sobre este fato. Nós então decidimos que precisávamos fazer alguma coisa e iniciamos a campanha  criando uma petição. Hoje já temos também uma petição que está circulando na internet , além da adesão de muitas pessoas no próprio facebook . O grupo Abre Biblioteca já conta com 3.674 pessoas que aderiram à causa.

A própria movimentação massiva de pessoas na Primeira Bienal do Livro Amazonas constatou a carência que a cidade tem de espaços como a biblioteca. “ Todo mundo diz que aqui em Manaus as pessoas não gostam de ler, mas vendo como foi a procura de pessoas ávidas por publicações e por discussões relacionadas à literatura na bienal, constatamos que era necessário mobilizarmos a sociedade”, diz Soraia. Ela acredita que a biblioteca estar fechada há tanto tempo é uma perda incrível para pesquisadores, crianças e público em geral. “ O meu primeiro emprego foi naquela  biblioteca pública e lá eu também fiz muitas pesquisas durante o meu mestrado”

A campanha “ Abre Biblioteca” é inspirada em um movimento que é realizado na Espanha chamado de Marea Amarilla ( Maré Amarela). O movimento espanhol tem como objetivo mostrar à sociedade o valor das bibliotecas públicas, bem como lutar contra cortes de recursos para a manutenção desses espaços.

O ato simbólico de abraçar o prédio da biblioteca vai começar às 8h no Largo São Sebastião. Os participantes vão estar usando camisas amarelas e irão descer a rua Barroso até chegarem ao prédio para depois abraçá-lo. O movimento quer atrair mais pessoas para se unirem ao propósito de ver a Biblioteca Estadual de volta à ativa. Depois da caminhada, o movimento pretende levar uma carta aberta ao Secretário de Cultura Robério Braga na expectativa de conseguir uma data certa para a reabertura do prédio.