Publicidade
Manaus Hoje
ABUSO

Pedreiro é preso suspeito de estuprar enteada de 12 anos na Cidade Nova

O suspeito teria beijado a adolescente na boca e praticado atos libidinosos. Ele negou o crime e disse que não lembrava o que tinha acontecido, pois bebeu demais 28/10/2017 às 10:27 - Atualizado em 28/10/2017 às 10:37
Show depca
A Depca vai investigar o crime (Foto: Arquivo AC)
Danilo Alves Manaus (AM)

Um pedreiro, de 41 anos, foi preso na noite dessa sexta-feira (27), suspeito de estuprar a enteada de 12 anos, na casa onde a família mora, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. As informações são da delegada plantonista da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), Tamara Maciel.

A plantonista informou que, por volta das 18h, o suspeito chegou em casa com a enteada. Após isso, o pedreiro teria beijado a criança na boca e praticado atos libidinosos, inclusive com os órgãos sexuais da adolescente.

Ainda de acordo com a delegada, às 18h30, a mãe da adolescente chegou em casa, quando foi surpreendida por vizinhos. Eles informaram que o marido teria chegado na residência da família com sinais de embriaguez e praticado atos libidinosos com a adolescente. 

“Os vizinhos desconfiaram por causa dos gritos que vinham da casa. Quando a mãe chegou no local, viu a adolescente se contorcendo de dor. De primeira, a menina contou a mãe que estava com vontade de fazer xixi, mas logo em seguida começou a chorar e contou o que o padrasto havia cometido”, disse.

Segundo a delegada, logo em seguida, policiais da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados e prenderam o pedreiro em flagrante.

Durante depoimento na delegacia, o pedreiro negou o crime. Ele contou que havia ingerido bebida alcoólica na casa do vizinho, enquanto a enteada brincava com colegas no mesmo local.

“Ele disse que não se lembra de nada do que aconteceu, porque tinha bebido demais e só lembra da polícia o prendendo dentro de casa”, contou a delegada explicando ainda que o suspeito será levado para audiência de custódia, na tarde deste sábado (28).