Publicidade
Manaus
EM QUATRO MESES

Foram registrados mais de 1,1 mil assaltos dentro dos ônibus em Manaus, diz Sinetram

Houve aumento de 24,9% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 841 assaltos 08/05/2017 às 17:46
Show onibus08888
(Foto: Euzivaldo Queiroz)
acritica.com Manaus

Entre janeiro e abril de 2017, as dez empresas que operam no transporte coletivo de Manaus já registraram 1.120 assaltos a ônibus, nas 226 linhas que operam na cidade. No mesmo período do ano passado, as concessionárias registram 841 assaltos, um aumento de 24,9%. O prejuízo já passa de R$ 325,8 mil.

Um levantamento feito pela Secretaria de Segurança Púbica (SSP) em conjunto com o Sinetram, no ano passado, apontou que os crimes dentro dos coletivos estão relacionados ao dinheiro nas catracas.

O presidente do Sinetram, Carmine Furletti, ressalta que uma das alternativas para a redução desse tipo de crime é o pagamento da tarifa através dos cartões PassaFácil.  Atualmente, já são 54 pontos de venda de créditos espalhados pela cidade, além do site: passafacil.sinetram.com.br.

“Só vamos reduzir esse tipo de crime, tirando o pagamento da tarifa em dinheiro e deixando apenas os cartões Passafácil. Em capitais como Goiânia e Campo Grande, desde que foi adotada essa alternativa, os assaltos reduziram para zero. Nós já possuímos tecnologia e estamos expandindo os pontos de venda de créditos, para que em um futuro bem próximo a população faça o pagamento apenas com os cartões Passafácil”, destaca Furletti.

Cartão Passa fácil
O usuário que quiser emitir o cartão cidadão deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram e apresentar o RG e CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15.

Os postos de atendimento para emissão do cartão localizados no Terminal 3 e na sede do Sinetram, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado do T1, funcionam de segunda a sexta de 7h às 19h. No PAC Alvorada o atendimento é de segunda a sexta de 8h às 17h.

*Com informações da assessoria.