Publicidade
Manaus
VIOLÊNCIA

Quatro pessoas são baleadas durante a madrugada no bar Porão do Alemão

Advogado Wilson Justo Filho morreu após levar tiro no peito. Esposa dele também foi baleada mas passa bem. 25/11/2017 às 07:06 - Atualizado em 25/11/2017 às 08:23
Show porao
acritica.com Manaus

Pelo menos quatro pessoas foram baleadas na madrugada deste sábado, no bar Porão do Alemão. Uma pessoa, o advogado Wilson Justo Filho, morreu com um tiro no peito. Outras três pessoas ficaram feridas. 

O crime ocorreu por volta das 3h. O autor dos disparos, segundo a Polícia Civil,  foi o delegado Gustavo Sotero. Ele acabou preso e levado para o 19o Distrito Integrado de Polícia, onde foi indiciado por homicídio doloso e lesão corporal

As vítimas foram atingidas quando estavam no piso inferior do bar, bem próximo ao palco.

Frequentadores da casa noturna, uma das mais tradicionais de Manaus, relataram, nas redes sociais, momentos de pânico. “O atirador estava perto de mim. Vi os fogos da arma dele e fiquei paralisada”, relatou uma frequentadora do bar, que disse ter ficado ferida pelos cacos de vidro espalhadas após o tiro. “Saí engatinhando no chão cheio de vidro quebrado (...).  Tremia tanto, fiquei tão desesperada que não senti dor nenhuma, só queria ficar longe dele”.

A reportagem do Portal A Crítica procurou a gerência do Porão do Alemão. Por telefone, a casa informou que não daria nenhuma informação no momento pois ainda estava ajudando a polícia nas apurações iniciais sobre o crime. 

Mais informações em instantes

Publicidade
Publicidade