Publicidade
Manaus
AO TRABALHO!

‘Temos guerra a vencer em curto prazo’, diz Amazonino em posse de secretários

Governador afirmou que nenhum nome escolhido foi indicação política e que gestores devem trabalhar em prol dos serviços públicos essenciais 05/10/2017 às 12:16 - Atualizado em 05/10/2017 às 16:32
Show whatsapp image 2017 10 05 at 11.44.38
(Foto: Márcio Silva)
Camila Pereira Manaus

Tomaram posse 21 secretários do governo de Amazonino Mendes (PDT), em cerimônia na manhã de hoje na Sede do Governo. O novo governador destacou o novo secretariado deve trabalhar em prol dos serviços essenciais para a população. "Temos uma guerra a vencer em curto prazo". 

Amazonino Mendes voltou a afirmar que nenhum nome foi indicação política. "Meu governo não é uma colcha de retalhos e os nomes que estão aqui não se referem a interesses políticos. Isso é um vício que deve ser erradicado. A administração deve ser feita para o povo", afirmou o governador. 

VEJA A LISTA COMPLETA DOS SECRETÁRIOS

Em seu discurso, o recém-empossado secretário da Casa Civil, Sidney Leite (Pros) disse que os pontos básicos da administração serão a volta dos serviços básicos e a diminuição do desemprego. 

"Temos muitas dificuldades para enfrentar relacionadas a questão orçamentária e financeira, mas vamos nos manter unidos. Temos pouco mais de um ano para que Manaus e o interior voltem a ter os serviços básicos", disse. 

Cortar contratos

O novo secretário da Seduc, José Augusto de Melo Neto, afirmou que o momento é de reduzir os valores dos contratos vigentes. "Após a revisão dos contratos, vamos implementar o que foi anunciado na campanha. Destaco duas ações: a primeira é o combate a abstenção, que reflete nos indicadores. O segundo ponto é a valorização dos profissionais da educação, analisar as progressões pendentes. Sobre o FUNDEB, ja está garantido", afirmou ele.

Estreante na gestão pública, Janaína Chagas, que vai comandar a pasta de Juventude, Esporte e Lazer, destacou que vai primeiro tomar conhecimento da situação da secretaria para posteriormente começar a colocar em prática os projetos da gestão. "A prioridade neste momento é saber o que acontece, os projetos que estão em andamento. Temos varias ideias e inúmeros projetos, mas acredito que pontuar ações imediatas é um pouco prematuro. Vamos entrar de forma tranquila, mas começar o trabalho da forma mais rapida possivel

Publicidade
Publicidade