Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
FRONTEIRA

Exército apreende 1,2 toneladas de skunk no Amazonas; cinco militares ficam feridos

Apreensão ocorreu em uma embarcação na região de fronteira com a Colômbia. Dos cinco feridos, dois foram levados para Tabatinga



droga3.jpg Foto: Divulgação
06/01/2018 às 09:49

O Exército Brasileiro apreendeu 1,2 toneladas de maconha tipo skunk em uma embarcação na calha do rio Japurá, nas proximidades da fronteira com a Colômbia, na noite dessa sexta-feira (5). Durante uma troca de tiros com traficantes, cinco militares ficaram feridos. Dois deles foram levados para um hospital em Tabatinga e não correm risco de morte.

A ação aconteceu por volta de 22h. O Comando de Fronteira Solimões/8° Batalhão de Infantaria de Selva fazia uma fiscalização na região quando traficantes numa embarcação colombiana começaram a realizar disparos contra a tropa. Logo depois, os traficantes fugiram e os militares encontraram um barco abandonado contendo 1,2 toneladas de entorpecentes.

“Todas as vezes que elas (embarcações) passam (na fronteira) e não param, nós interceptamos para ver o que aconteceu. Na noite de  ontem houve a troca de tiros e depois encontramos a embarcação abandonada com 1,2 toneladas de drogas”, revelou o general de brigada do Comando Militar da Amazônia (CMA),  Edson Rostey.

Agora, um Inquérito Policial Militar (IPM) foi aberto para apurar as circunstâncias dos fatos. “Nós estamos trabalhando com equipamentos modernos, divisão  noturna, sensores, lanchas, interceptações, a preparação e a coragem do soldado. Temos um inquérito policial militar e junto com as autoridades colombianas para  tentar identificar estes traficantes. É difícil de localizar, pois eles abandonam as embarcação e vão para a selva”, finalizou o general.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.