Sábado, 24 de Outubro de 2020
RUMOR

Em negociações com time espanhol, Dayana pode deixar 3B Sport

Volante venezuelana de 18 anos de idade é constantemente convocada para times Sub-20 e principal da seleção nacional. Entrave para concretização do negócio, por enquanto, é vencimento de passaporte da atleta



51d21092-71c1-495a-9c36-2dc5f1f5aa58_4CD17237-F60C-4714-B5F8-213B84B3DD6E.jpg Foto: Divulgação
15/06/2020 às 11:39

Parado, mas atuante no mercado, o 3B Sport está próximo de perder uma de suas jogadoras para o futebol do exterior. A volante Dayana Rodriguez, de 18 anos de idade, foi procurada por um time da Espanha e pode ser liberada pelo clube amazonense antes mesmo do término do contrato, no dia 3 de julho. Contratada no ano passado, a atleta é constantemente convocada para Sub-20 e time principal da Seleção da Venezuela.

De acordo com Bosco Brasil, presidente da Fera da Amazônia, o clube interessado ainda não pode ser revelado a pedido dos representantes da jogadora venezuelana. As conversas vêm acontecendo nos últimos dias e a concretização do negócio depende da renovação do passaporte de Dayana, que precisa retornar à Venezuela para realizar a ação. Ela é uma das 12 jogadoras que ficou na ‘Toca da Fera’ desde a paralisação do Brasileiro Série A2.



“A Dayana tem que viajar para a Venezuela, já que o passaporte dela vence em agosto, e nesse momento não há voos para lá. Creio que nessa semana isso (negociação com o time espanhol) pode ser resolvido”, explicou o mandatário do 3B Sport, que ressaltou que não pretende dificultar liberação de nenhuma jogadora.

Contratada no ano passado, a volante venezuelana de 18 anos de idade disputou somente duas partidas com a camisa da Fera da Amazônia, ambas no Campeonato Amazonense Feminino de 2019: a semifinal, contra o Nacional, e a final, contra o Iranduba, onde o 3B Sport se sagrou campeão estadual pela primeira vez. Neste ano, a jogadora não foi usada contra o Atlético-AC, na primeira rodada da Série A2.

Mais saídas?

Representante amazonense no Brasileiro Feminino Série A2, o 3B Sport não disputa uma partida oficial desde o dia 15 de março, quando a CBF decidiu paralisar todas as competições organizadas pela entidade. Vale lembrar que o contrato de todas as jogadoras termina no dia 3 de julho, época em que a divisão de acesso da elite do futebol feminino estaria terminando.

O presidente Bosco já revelou que, se a CBF não tiver nenhuma sinalização de retorno das competições, o clube deve perder mais jogadoras. “O contrato vai até 3 de julho. Depois disso, podemos perder mais atletas. É a realidade atual”, completou o dirigente do 3B.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.