Publicidade
Manaus Hoje
TAXISTA

Corpo encontrado em ramal na AM-010 é de taxista que desapareceu após corrida

Vítima estava com sinais de estrangulamento, com uma corda envolta ao pescoço e as mãos amarradas acima da cabeça 28/02/2018 às 15:21
Show cd2b3284 5d1a 4fa6 abd2 588417475e9b
Foto: Gilson Mello/Divulgação
Conceição Melquiades Manaus (AM)

O corpo do taxista Márcio Luiz Macedo da Silva, de 46 anos, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (28) no ramal Água Branca, no Km 35 da rodovia AM-010, que liga Manaus à Itacoatiara. De acordo com a perícia, a vítima estava com sinais de estrangulamento, com uma corda envolta ao pescoço e as mãos amarradas acima da cabeça.

Segundo a Polícia Civil, o taxista teria feito a última corrida com destino não informado levando dois passageiros na noite de terça (27). Os dois passageiros, ainda não identificados, teriam embarcado no táxi no ponto de embarque da central da rádio táxi que Luiz Macedo trabalhava, na avenida Codajás, bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

Após embarcar com os passageiros, o motorista não deu mais notícias. Nesta manhã, populares encontraram dentro de uma área de mata o corpo de Macedo com marcas de tortura e estrangulamento. O veículo dele ainda não foi localizado. 

Policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram ao local e acionaram o Instituto Médico Legal (IML), que removeu o corpo. Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) também compareceram ao local.

Publicidade
Publicidade