Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
FEMINICÍDIO

Costureira é assassinada e familiares apontam o companheiro dela como suspeito

Corpo foi encontrado em uma cova a 70 metros da casa onde a vítima morava. Um homem foi preso e confessou ter ajudado o marido da vítima a enterrar o corpo



vitima_0E175FBB-8866-4897-B36C-F6E6C5098596.jpg (Foto: Jander Robson e Divulgação)
05/03/2019 às 11:44

O corpo da costureira Solange Gama dos Santos, 43, foi encontrado na manhã de hoje (5), por familiares em uma área de mata na Comunidade Campos Sales, do bairro do Tarumã. Os familiares apontam o companheiro dela, Manoel Francisco de Menezes, 53 anos, como o principal suspeito do assassinato. 

A costureira havia sumido por volta das 5h desta segunda-feira (4). Uma irmã da vítima percebeu a ausência dela e começou a procurá-la. O suspeito então foi encontrado e levado para prestar depoimento, mas negou ter envolvimento com o sumiço, e afirmou que ela teria ido embora morar com outro homem. Após os esclarecimentos, Manoel foi liberado por falta de provas.

A família então continuou as buscas e ao perceber a ausência de uma pá e um enxada dos equipamentos de Manoel, se deslocou para uma área de mata a 50 metros da casa e encontram uma cova vazia, que de acordo com a investigadora da Polícia Civil, Benae Limoeiro, pode ter sido usada para jogar o corpo ontem (4). Segundo ela, o suspeito fez outra cova distante a 20 metros da primeira, e enterrou Solange, que estava de bruços e com um fio amarrado no pescoço, que pode ter sido usado para arrastar o corpo. A causa da morte, segundo o Departamento de Polícia Técnico Científica, a causa da morte será divulgada após a necropsia. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Um homem identificado como Marcio Araújo Siqueira, 34, foi detido por policiais da 20° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), suspeito de ter participação no crime. Ele teria ajudado a carregar o corpo. Para imprensa, Márcio disse que Manoel já teria comentado que desejava matar a esposa com quem conviveu por mais de 15 anos. Vizinhos informaram que Manoel era muito ciumento e que o casal já havia brigado várias vezes por este motivo.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) já está em busca de Manoel para procedimentos cabíveis.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.