Publicidade
Manaus Hoje
REPLAY

Dois dias após ser pego furtando loja, homem é preso novamente cometendo mesmo crime

Alex Marques da Silva, 31, havia sido liberado em audiência de custódia na sexta-feira (13). O homem foi preso duas vezes pelos mesmos policiais na Zona Centro-Oeste de Manaus 15/07/2018 às 16:40 - Atualizado em 15/07/2018 às 16:56
Show whatsapp image 2018 07 15 at 16.36.36
Foto: Divulgação
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Dois dias depois de ser solto em audiência de custódia, Alex Marques da Silva, 31, foi preso novamente pela Polícia Militar e pelo mesmo crime. Na madrugada deste domingo (15), ele tentou furtar uma loja que fica nas dependências do supermercado DB, na rua Paris, conjunto Campos Elíseos, bairro Ajuricaba, Zona Centro-Oeste de Manaus. 

A prisão dele foi realizada por policiais militares da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) após uma denúncia anônima. De acordo com o tenente Félix Soares, a guarnição foi ao estabelecimento verificar a denúncia e se deparou com parte de uma grade cortada. Após revista, os policiais encontraram o suspeito dentro do supermercado, tentando furtar uma loja.

Os policiais militares reconheceram Alex por ter sido preso dois dias antes, pelo mesmo tipo de crime. Na última sexta-feira (13), ele também tentou furtar uma loja do estabelecimento, mas acabou capturado antes de concretizar o crime. Os mesmos policiais que o prenderam na sexta-feira foram os que detiveram novamente na madrugada de hoje. 

Segundo o documento de resultado da Audiência de Custódia, o juiz George Hamilton Lins Barroso homologou a prisão em flagrante em liberdade provisória, com aplicação de medidas cautelares, como comparecimento periódico em juízo, no prazo de 30 em 30 dias, para informar e justificar as atividades, além de estar proibidos a ficar próximo a bocas de fumo. 

Com ele foram encontradas ferramentas utilizadas no arrombamento da grade. Segundo o tenente Félix Soares, ele foi conduzido para o 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Alvorada, onde foi autuado novamente por furto tentado. Na tarde de domingo, ele foi conduzido para mais uma audiência de custódia, onde deve ficar a disposição da Justiça. A reportagem não teve acesso ao resultado da audiência.

Publicidade
Publicidade