Sábado, 16 de Outubro de 2021
MOVIMENTO

Ato pró-Bolsonaro no Centro de Manaus reuniu três mil pessoas, diz PM

O ato, organizado pelo coronel Alfredo Menezes, iria ser finalizado com uma caminhada até o Largo São Sebastião, mas a caminhada acabou encurtada



congress_B6C9E247-757B-46DD-A29F-9CA3E51FF61A.jpeg (Foto: Junio Matos)
07/09/2021 às 17:22

Reunindo cerca de três mil pessoas, segundo números da Polícia Militar, o ato organizado no Centro de Manaus em apoio ao presidente Jair Bolsonaro terminou antes do previsto. O ato, organizado pelo coronel Alfredo Menezes, iria ser finalizado com uma caminhada até o Largo São Sebastião, mas os presentes deram apenas uma volta no quarteirão da Praça do Congresso, onde estavam concentrados.

Os manifestantes, que começaram a chegar ao local por volta das 14h, fizeram uma caminhada saindo pela Rua Mousenhor Coutinho, passando pela Constantino Nery, Rua 10 de Julho e voltando pela Avenida Eduardo Ribeiro até a Praça do Congresso novamente.

Um boneco de aproximadamente seis metros de altura  do Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marcou o ponto de encontro dos militantes do Movimento Conservador de Direita, ladeado  por caminhão do Exército Brasileiro, para a marcha em apoio ao Governo Federal.

Com palavras de ordem como “O povo é o Supremo”, “Quem manda no Brasil é o povo” e o “Mito nunca cairá”, em referência a Bolsonaro,  os participantes da passeata afirmavam, em meio a ataques diretos ao Supremo Tribunal Federal (STF), que estavam ali em defesa da liberdade, ainda em busca do voto impresso e auditável - matéria que já foi arquivada pela Câmara dos Deputados - e já defendendo Bolsonaro presidente em 2022.

Aos 61 anos de idade o comerciante Rubem Ale estampou um cartaz com os dizeres “ Ditadura do STF”. “ O STF não quer deixar o nosso presidente trabalhar. Tem que acabar o STF e entrar o Superior Tribunal Militar que vai julgar os processos dos corruptos, deputados e senadores que estão acabando com o Brasil.Não é preciso voltar à Ditadura. Basta colocar ordem e progresso para nosso país ser um dos países de primeiro mundo”, disse o comerciante.

Outro que defende os  ideias de direita liderados por Jair Bolsonaro é o comerciante Jefferson Antunes que trouxe a família para participar da passeata. Inclusive, o neto de apenas dois anos de idade. “ Ele tem que aprender desde cedo o que é o certo é o errado”, disse o comerciante.

Jefferson disse que defende os ideias de Bolsonaro porque se preocupa com a família. “A nossa família é o que importa, o bem-estar dos nossos, a saúde dos nossos. Isso sim eu acredito que esse governo está dando e continuará nesse caminho, se depender de mim e da minha família. Bolsonaro continua firme e forte”, disse.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.