Sexta-feira, 05 de Junho de 2020
VISITA

Em Manaus, presidente do Senado visita fábrica da Moto Honda e defende ZFM

Presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), visitou a sede da Moto Honda Brasil em Manaus, nesta quinta-feira (12)



ALCOLUMBRE12_C64B0F70-24C7-42FC-A9D4-88700086C1FD.JPG Foto: Junio Matos
12/03/2020 às 14:52

O presidente do senado federal Davi Alcolumbre (DEM) afirmou que vai defender o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) no Congresso Nacional. De acordo com o parlamentar, o Polo Industrial de Manaus (PIM) é atacado por outros centros do Brasil e, por conta disso, precisa da atenção dos parlamentares. 

A declaração foi dada durante a comemoração de 25 milhões de motocicletas produzidas pela empresa Honda desde 1976, data de fundação da emoresa no PIM. O evento ocorreu, nesta quinta-feira (12), na empresa, situada no Distrito Industrial, na Zona Leste de Manaus.



Além do presidente do Senado, o evento contou com a presença do governador do Estado Wilson Lima (PSC), dos deputados federais e senadores que compõem a bancada federal do Amazonas no Congresso. Além deles, os representantes das entidades da indústria e funcionários da Honda fizeram parte da audiência.

O senador Davi Alcolumbre disse que mais de 15 parlamentares o acompanham e vão defender a manutenção da ZFM no Amazonas. 

"Eu sei as nossas carências de infraestrutura, as nossas demandas  e os nossos dramas. Eu quero assumir, publicamente, reassumir os compromissos estabelecidos com o modelo Zona Franca de Manaus e com as áreas de livre comércio do Brasil", disse o parlamentar.

O senador Eduardo Braga (MDB) disse que o cenário econômico atual, tanto em âmbito nacional quanto internacional, apresenta fragilidades específicas, mas que vai se dedicar na atuação parlamentar para driblar a crise econômica. 

"Em relação ao coronavirus preocupação é muito grande. Haverá impactos não só na saúde pública e privada. O Brasil já está com mais de  70 casos registrados. Até o final do dia, nós chegaremos a mais de 80 casos e semana que vem esse número será crescente. Os efeitos dessa econômicos dessa crise, somadas a questão do petróleo e outras, fizeram com que a bolsa de valores derretesse", analisou o senador.

Crescimento

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, afirmou que o Polo Industrial de Manaus (PIM) teve o faturamento de  R$ 105 bilhões em 2019. Ele acrescentou que foi o maior faturamento registrado nos último 32 anos. 

O superintendente acrescentou que o ano passado encerrou com 92 mil empregos gerados no setor industrial e mais de 375 mil empregos no setor comercial e cercado de 10 mil empregos no setor agropecuário.

"Colocamos o Estado do Amazonas com o crescimento de cinco vezes mais da média da atividade econômica do Brasil. O Amazonas cresce em torno de 4%. São números expressivos que coroam todo um ano de trabalho", disse o superintendente. 

Em contrapartida, o senador Omar Aziz (PSD), que é líder da bancada do Amazonas no Congresso Nacional, afirmou que a produção de motocicletas reduziu, comparada ao ano de 2011. 

"Em 2011 produzimos aqui 1,6 milhão de motos. Agora não estamos produzindo 800 mil. Naquele momento, não tínhamos automação e gerávamos mais emprego", disse o parlamentar.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.