Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
SEM AULAS

Faculdade Estácio suspende aulas em Manaus após aluno ser diagnosticado com meningite

Os alunos da instituição foram comunicados da decisão no final da tarde desta quarta-feira (19). Semsa confirmou o caso



esta.jpg Foto: Divulgação
18/04/2018 às 20:32

Após ter um aluno de 17 anos diagnosticado com meningite bacteriana, a Faculdade Estácio do Amazonas, na Zona Centro-Sul de Manaus, resolveu suspender as aulas do período noturno desta quarta-feira (18) e de todos os turnos nesta quinta-feira (19). Os alunos da instituição foram comunicados da decisão no final da tarde de hoje, o que gerou revolta em parte dos universitários.

De acordo com o comunicado emitido aos alunos pela Estácio, as atividades da faculdade estão paralisadas para que haja uma higienização nos ambientes da instituição. A assessoria de imprensa da instituição emitiu uma nota oficial comentando o caso no começo desta noite.

“A medida (suspensão das aulas) visa garantir a saúde dos nossos alunos, professores e colaboradores. Os conteúdos serão repostos, conforme programação didática dos professores, a partir da sexta-feira (20)”, diz trecho do comunicado.

Aluno está internado

Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que o jovem com meningite está internado no Hospital 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus. O diagnóstico foi confirmado após um exame de liquor.

A partir desta quinta-feira (19), segundo a Semsa, familiares, colegas e professores do aluno vão começar a ser submetidos ao tratamento de quimioprofilaxia. Por se tratar de meningite bacteriana, a Semsa afirma que não haveria necessidade de evacuar a faculdade. "A bacteria fica no paciente. Para se caracterizar a transmissão, a pessoa deve ter tido contato com o aluno por cinco dias seguidos, por pelo menos quatro horas por dia", afirma a Semsa.

Universitários preocupados

A estudante do curso de enfermagem da Estácio, Roberta Leão, 18, afirmou à reportagem do Portal A Crítica que os alunos da faculdade estão preocupados com o caso.

“O pessoal está revoltado porque acredita que foi errado a faculdade não liberar o nome do aluno, com quem ele anda, qual era o corredor que ele frequentava”, contou Roberta, que teve aula normalmente na manhã desta quarta-feira.

A doença 

A meningite é a inflamação da meninge, membrana que recobre o sistema nervoso central. A doença, considerada grave e potencialmente fatal, costuma ser causada por agentes infecciosos, tais como bactérias, vírus e fungos. A meningite bacteriana é a forma mais grave. O modo mais comum de contágio é através do contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas. 

*Com colaboração de Luana Moura e Rafael Seixas. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.