Publicidade
Manaus
PROCURA-SE

Polícia divulga retrato falado de venezuelana para esclarecer desaparecimento de jovem

O adolescente Rayner Vinicius, de 15 anos, sumiu no dia 16 de dezembro de 2018 após dizer para a mãe que iria fazer caminhada na Ponta Negra 05/01/2019 às 14:49 - Atualizado em 05/01/2019 às 14:50
Show 1546714049355557 05757e12 1b48 4c69 91c5 732921dff141
Foto: Divulgação
acritica.com

A Polícia Civil do Amazonas solicita a colaboração de todos na divulgação do retrato falado de uma venezuelana que pode contribuir com informações acerca do paradeiro de Rayner Vinicius da Silva Gonçalves, de 15 anos, um adolescente que está desaparecido desde o dia 16 de dezembro de 2018.

De acordo com a delegada Grace Jardim, que está respondendo interinamente pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a mãe do adolescente compareceu no dia 17 de dezembro de 2018 na unidade policial para registrar o desaparecimento do filho. Na ocasião, a mulher disse que, no dia anterior, Rayner teria saído da casa onde eles moram, na rua Doutor Melo Resende, bairro Lírio do Vale, Zona Oeste, por volta das 18h, dizendo que iria caminhar no Complexo Turístico Ponta Negra, naquela mesma região.

 “Ela declarou que ligou para o celular do filho e que a ligação teria sido atendida por essa mulher, uma venezuelana. Essa pessoa afirmou que o adolescente entregou para ela o aparelho celular, a blusa e o tênis que estava usando e que, em seguida, teria se jogado no rio e morrido afogado”, disse a delegada. Segundo a autoridade policial, testemunhas confirmaram que viram o adolescente na companhia da venezuelana na Ponta Negra e, a partir das características repassadas por essas testemunhas, o retrato falado foi produzido.

A delegada Grace Jardim ressaltou que a equipe da Depca está empenhada em localizar a mulher do retrato falado, com o intuito de esclarecer o que de fato aconteceu com o adolescente. “Quem puder colaborar com informações sobre a localização dela, entrar em contato pelo número (92) 3656-8575. Dados que possam contribuir com o andamento das investigações em torno do caso também podem ser repassados ao número 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM)”, pediu.

O prédio da Depca está situado na rua Seis, nº 1, conjunto Vista Bela, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste da cidade.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade