Publicidade
Manaus
EDUCAÇÃO

Técnicos-administrativos da Semed realizam manifestação nesta sexta-feira (5)

Servidores cobram da Prefeitura de Manaus benefícios como a progressão e promoção por titularidade. Semed afirma que não foi comunicada por representantes 04/10/2018 às 17:02 - Atualizado em 04/10/2018 às 17:02
Show show semed 402662cb bc36 4862 94e0 32671239c256
Foto: Arquivo/AC
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Técnicos-administrativos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) prometem paralisar as atividades nesta sexta-feira (5). Servidores cobram da Prefeitura de Manaus benefícios como a progressão prevista no Plano de Cargos e Salários e promoção por titularidade. Uma manifestação está programada para chamar a atenção do poder municipal.

Os servidores atuam em escolas da capital, distritos e na própria Semed. O ato deve ocorrer por volta das 8h, mas o grupo ainda não definiu o local de concentração, que pode ser em frente à Semed ou na sede da prefeitura.

De acordo com o técnico-administrativo Iuri Alencar, ao menos 400 servidores aguardam a progressão ou promoção por titularidade. No primeiro caso, o servidor tem direito a reajuste salarial após três anos, embora a Semed afirme que somente depois de seis anos é possível realizar a mudança. Apesar disso, ele afirma que há servidores que se encaixam no perfil.

“A progressão está estipulada na nossa lei. De três em três anos o servidor deveria receber a progressão por tempo de serviço automaticamente, mas ninguém nos dá uma resposta”, declarou.

Os servidores pedem ainda a promoção por titularidade. “Dei entrada em 2015 na titularidade depois de fazer graduação em gestão pública. O prefeito diz uma coisa, a secretária diz outra e ninguém tem uma informação correta sobre os nossos direitos. Afinal, quem é que decide?”.

Os servidores devem cobrar uma audiência com o prefeito de Manaus, Artur Neto, ou com a secretária de Educação, Kátia Schweickardt.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que não foi procurada por nenhum representante da categoria para tratar do assunto e ressalta que "mantém um canal de diálogo aberto com os servidores, estando à disposição para tratar do tema, caso seja procurada".

O órgão informou ainda que, quanto ao pagamento, as progressões por tempo de serviço e titularidade serão pagas a todos os servidores que deram entrada solicitando o benefício e que as portarias serão publicadas até o final deste ano. 

Publicidade
Publicidade