Terça-feira, 18 de Maio de 2021
RENATA RIVAS

Para educadora, presente para Manaus seria mais contato com a natureza

Gestora educacional da Escola Livre Igapó destaca a importância desse contato para as crianças



RENATA_RIVAS_1995ED93-B807-47A7-92C5-E25EB374C481.JPG (Foto: Yasmin Feitosa)
24/10/2020 às 09:35

A capital amazonense está localizada no meio da maior floresta tropical do mundo. O fato de nascer neste ambiente é motivo de orgulho do manauara. Esse é o sentimento da gestora da Escola Livre Igapó, Renata Mourão Rivas, que comanda a unidade de ensino desde a fundação em 2015.

“Eu definiria a cidade de Manaus como única. A capital amazonense está fincada no meio da maior floresta tropical do planeta. Para mim, significa ter nascido e crescido às margens do rio Negro, com a possibilidade de morar a 20 minutos aproximadamente da Floresta Amazônica. Sou realmente apaixonada por este tesouro”, contou.



E por conta desta paixão, Renata Rivas conta que se pudesse presentear a cidade em comemoração aos 351 anos, daria “mais contato com a natureza”. “Gostaria de dar mais contato com a natureza para as crianças de Manaus, menos tempo de tela e mais tempo próximo ao rio Negro e a nossa riquíssima floresta. Estudos recentes relacionam a natureza com bem-estar físico, emocional e social. Nós somos seres orgânicos, as crianças anseiam por isso”, ressaltou.

Segundo a gestora, a missão da escola é contribuir para o “florescer de seres humanos autônomos”, para que possam realizar suas escolhas, ajudando a construir um novo mundo.

“[Pretendemos] continuar contribuindo na formação das crianças para que eles desenvolvam autoconfiança nas suas tomadas de decisão, empatia, pensamento crítico e que eles possam ser uma geração de maior consciência ambiental, verdadeiros ‘guardiões da floresta’”, concluiu.

A gestão escolar é a terceira transição de carreira da manauara Renata Rivas. Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e mestre em Desenvolvimento Regional também pela Ufam, Renata trabalhou por oito anos em projetos na área ambiental com populações ribeirinhas. Após isso, atuou como doula - assistente de parto, sem necessariamente formação médica - acompanhando partos normais por seis anos.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.