Publicidade
Cotidiano
OPORTUNIDADES

Projeto de Lei na Câmara dos Deputados tenta criar 842 vagas no MPF

Proposta está em comissão desde junho deste ano e salários chegam a R$ 28 mil 18/10/2017 às 15:17
Show mpf
Foto: Arquivo/AC
acritica.com Manaus (AM)

Um Projeto de Lei criado pela Procuradoria-Geral da República prevê a criação de 842 cargos dentro do Ministério Público Federal (MPF). As vagas são para Procuradores Regionais da República, Analistas do Ministério Público da União e Técnicos do Ministério Público da União. A proposta está na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados desde junho deste ano.

Segundo a matéria de número 6006/2016, o projeto oferece 134 vagas para Procuradores Regionais, 207 para Analistas e 501 técnicos do MPU. O documento inclui ainda 210 cargos em comissão e 235 funções de confiança no MPF.

Os salários previstos para os cargos variam de R$ 6.167,99 (para técnico) a R$ 28.947,55 (para procurador), passando pelos R$ 10.119,93 (para analista). Além da remuneração básica, são adicionados os benefícios de vale-alimentação (R$889,00), auxílio-transporte (R$181,77), assistência pré-escolar (R$699,00), médica e odontológica.

O documento aguarda a nomeação de um novo relator enquanto se encontra na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP). O projeto precisa passar, ainda, pelas Comissões de Finanças e Tributação, Constituição e Justiça e Cidadania para, depois, ser encaminhado ao Plenário antes de seguir para o Senado e, por fim, obter a sanção presidencial.