Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
DESPEDIDA

Corpo de Arlindo Júnior é recebido por milhares de parintinenses para homenagens

Lado a lado, os bois Garantido e Caprichoso deram início às homenagens. Após cerimônia religiosa, o corpo do Pop da Selva retornará para Manaus onde será sepultado



DESPEDIDA_CC388E76-69CA-49CF-885E-42FEAE0AB636.jpg Foto: Arleison Cruz
31/12/2019 às 09:13

O corpo de Arlindo Júnior chegou nesta terça-feira (31), por volta das 7h30, no Aeroporto Julio Belem, em Parintins, município distante 369 quilômetros de Manaus, para receber as últimas homenagens ao artista que foi levantador e apresentador do boi-bumbá Caprichoso.

O avião que trouxe o corpo do eterno Pop da Selva foi recebido pelos dois bois que dão vida ao Festival Folclórico de Parintins. Lado a lado, Garantido e Caprichoso deram início às homenagens. 



Os familiares de Arlindo foram recebidos pelo prefeito e vice-prefeito do município, respectivamente Bi Garcia e Tony Medeiros, e pelos presidentes do Garantido e Caprichoso, respectivamente Fábio Cardoso e Jender Lobato.

"Arlindo era uma figura histórica do boi-bumbá Caprichoso e do Festival de Parintins, e contribuiu bastante para engrandecimento do nosso festival, ajudou bastante nossa cidade, deu uma dimensão muito maior para o Festival de Parintins. [...] Ele deixa o legado de luta e garra de quem amava a vida e quem passou por essa vida dando uma contribuição muito importante para a sociedade amazonense", afirmou o prefeito Bi Garcia.

Do aeroporto, o corpo foi colocado em uma viatura do Corpo de Bombeiros e seguiu em direção ao Curral Lindolfo Monteverde onde se encontrava a vaqueirada do Garantido. No local, os bois Garantido e Caprichoso em comunhão dançaram a toada "Garantiando" na voz de Arlindo Júnior.

Em seguida, o cortejo, com milhares de fãs de emocionados do artista, tanto da nação azul quanto da vermelha, seguiram para o Bumbódromo, palco da grande festa de Parintins. A Marujada de Guerra com a sua batida cadenciada deu o tom às homenagens.

"Tantas vezes [ele entrou] entrou nesta Arena do Bumbódromo para dar alegria para a cultura do Amazonas. É uma emoção muito grande que estou sentindo. O Arlindo era uma unanimidade no festival. É um momento forte para Parintins, para o festival, e temos que superar isso. O Arlindo era Caprichoso quando o festival não era famoso. Ele fazia por amor, dedicação, e hoje essa homenagem é mais que merecida", disse o odontólogo Thiago Benoliel.

Amiga de Arlindo, Rosames Suely afirmou que o artista fazia parte dos momentos de alegria e paixão do Caprichoso.  "A gente dividia a paixão pelo mesmo boi. Este momento está sendo triste [...]. O oi dele vai ecoar para sempre aqui. Ele se despede emocionando do mesmo jeito", destacou.

Depois do Bumbódromo, o corpo seguiu para o Curral Zeca Xibelão, do Caprichoso, e posteriormente vai para a Catedral de Nossa Senhora do Carmo onde será realizada uma missa. Após o ato o religioso, o corpo retornará para o aeroporto do município e seguirá para Manaus. Às 14h, o sepultamento deve ocorrer no Cemitério São João Batista, na Zona Centro-Sul da capital.

*Colaborou Carlos Alexandre / CNA7

News rafael seixas f19bfc74 2a6d 4824 91e0 ea63ab017774
Editor do Portal A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.