Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ENVOLVIMENTO

Homem é preso suspeito de matar empresário e deixar outro ferido no Dom Pedro

A polícia prendeu Paulo de Tássio de Souza por envolvimento na morte do empresário Yann Victor e ter deixado o cunhado dele ferido. Outro investigado está foragido



aagora_empres_rio_here_544D8429-2568-453C-9377-291F0E0DEAB3.JPG Foto: Winnetou Almeida
30/07/2019 às 14:13

Paulo de Tássio de Souza Picanço, de 28 anos, foi preso nessa segunda-feira (29), suspeito de envolvimento na morte do empresário Yann Victor Fonseca Rios, de 25 anos, e na tentativa de latrocínio contra o cunhado da vítima, no bairro Dom Pedro. O homem foi pego por policiais na rua Urandi, terceira etapa do bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Orlando Amaral, afirmou que após ter ciência do crime, ordenou que policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) e da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) fossem em busca dos suspeitos.

"O crime foi configurado, sem dúvida, em latrocínio. Então, a Derfv prosseguiu no caso e deu uma resposta imediata. Um dos infratores já está preso, o carro foi apreendido, e o outro suspeito já está sendo procurado", disse.

Conforme o delegado titular da Derfv, Guilherme Torres, o crime aconteceu na manhã de ontem (29), na casa do empresário, na rua Iacutã, segunda etapa do bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. Segundo a polícia, Eduardo Souza da Costa, que está foragido, teria atirado contra as vítimas.

Ainda conforme o delegado, Paulo disse para a polícia que o comparsa dele informou que os dois roubariam R$ 20 mil do empresário. Mas, na ocasião, só haviam cerca de R$ 900.

"Logo que a vítima estava saindo para trabalhar com o cunhado, ele (Eduardo) trava uma luta corporal com os dois, mata o Yann, e depois faz mais dois disparos contra o outro rapaz. Na verdade, esse valor não existia. Foi levado apenas uma ponchete com R$ 900. Acreditamos que não foi um crime premeditado, foi aleatório, mas seguimos na investigação", explicou.

O foragido já possui quatro processos criminais e uma condenação. Paulo responderá por latrocínio consumado e latrocínio tentado. Ele será encaminhado para a Audiência de Custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.