Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
ZONA CENTRO-SUL

Polícia busca pistas para caso de engenheira encontrada morta dentro de carro

Delegado adiantou que sabe pouca coisa sobre a vítima. Andréia Defaveri Vasconcelos, 46, foi encontrada no interior de um carro Honda Civic, de cor prata, no estacionamento do Hospital 28 de Agosto no sábado (4)



show_9199cf4b-a04c-49ec-9f47-208263de1e46_BFCA9513-7999-472D-9666-C2C12842A6A4.jpg Foto: Divulgação
06/01/2020 às 19:10

O delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, disse hoje à tarde que até o momento a polícia "ainda não descobriu nada" sobre a morte da moça encontrada no interior de um carro Honda Civic, de cor prata e placa JXS-6773, no final do sábado (4) no estacionamento do Hospital 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul. “Mas estamos investigando”, garantiu o delegado.

A vítima foi identificada como Andréia Defaveri Vasconcelos, 46. De acordo com o delegado plantonista da DEHS, Denis Pinho, que esteve no local, ela foi morta por estrangulamento e o assassino usou pedaços de tecidos, provavelmente pedaços de peças de roupas, para matá-la. Depois, trancou o carro e fugiu levando a chave do veículo.



A polícia ainda não informou se o caso está sendo tratado como homicídio ou feminicidio, mas adiantou que sabe pouca coisa sobre a vítima. No dia em que o corpo foi encontrado, familiares que foram ao local informaram que ela era engenheira e que morava só, em um condomínio da avenida Constantino Nery, bairro Chapada.

A família informou ainda à polícia que a engenharia estava desaparecida desde as 16h de sexta. Ela foi localizada pelo GPS do celular, provavelmente 24 horas após o crime. Familiares desconheciam qualquer tipo de ameaça ou perseguição que Andréia estivesse sofrendo. Câmeras de segurança poderão ajudar a identificar o criminoso.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.