Publicidade
Manaus Hoje
ADVOGADO

Advogado Armando Freitas teria sido morto a mando de traficante, diz polícia

Hoje, um dos suspeitos do homicídio preso foi apresentado à imprensa. O autor dos disparos que mataram o advogado, em maio deste ano em Manaus, segue foragido 11/12/2018 às 10:56 - Atualizado em 11/12/2018 às 10:58
Show 678ec7a9 6862 4985 83c8 825c14be37de f442e53a d9b0 4d01 a75b e39c487c567d
Foto: Jander Robson
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Jerson Rodrigues dos Santos, de 34 anos, conhecido como “Gelson”, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas como suspeito de participar do assassinato do ex-deputado e advogado Armando de Freitas Oliveira, de 79 anos, morto a tiros no dia 4 maio deste ano dentro do escritório de advocacia dele, na avenida Presidente Dutra, bairro Glória, na Zona Oeste da capital.

Conforme o delegado Orlando Amaral, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), uma das linhas de investigação é que o crime teria sido encomendaoa por algum traficante que pretendia não pagar pelos serviços de advocacia prestados por Armando Freitas. Outro suspeito, que seria o autor dos três disparos que mataram o advogado, está foragido e o caso continua sendo investigado.

Jerson é primeiro suspeito preso pelo crime. De acordo com o delegado Orlando Amaral, ele foi o responsável por clonar as placas do veículo modelo Ônix de cor branca usado na fuga do atirador. O carro foi apreendido dez dias depois do assassinato.

Em depoimento, Jerson delatou o comparsa no assassinato, que estaria em outro estado. A Polícia Civil não divulgou o nome para não atrapalhar as investigações.

Recompensa de R$ 10 mil

O membro e representante da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) durante a coletiva de imprensa da Polícia Civil, Alan Jhonny, afirmou que o órgão continua oferecendo uma recompensa de R$ 10 mil para quem tiver informações verdadeiras sobre o autor do crime.

Agora, Jerson passará por procedimentos legais na sede da DEHS e depois será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da rodovia federal BR-174, onde ficará a disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade