Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
'MOVIMENTO'

Chico Preto tenta impedir pagamento de passagens de ônibus somente no ‘cartão’

Vereador protocolou pedido de anulação do Decreto Municipal que determinou a medida na última quinta-feira (19)



chico_61D303EF-9B26-43FB-8EB9-B6D0308B5A0C.jpg Foto: Reprodução/Internet
23/09/2019 às 15:08

Único vereador de oposição, Chico Preto (PMN) anunciou em tribuna na manhã desta segunda-feira (23) que protocolou documento pedindo a anulação do decreto municipal que extingue o pagamento em dinheiro da tarifa de ônibus. Segundo ele, a medida tomada pela Prefeitura de Manaus na semana passada, a respeito do serviço de bilhetagem eletrônica está em desacordo com a Lei Orgânica do Município, que garante ao usuário do transporte coletivo realizar o pagamento também em dinheiro.

“Quando eu pensava que a Prefeitura ia apontar um caminho para renovação da frota, tive a surpresa que agora o prefeito proíbe a população de pagar a tarifa do ônibus em dinheiro. Mas o direito de a população pagar em dinheiro está na Lei Orgânica, e o documento assinado pelo prefeito não é maior que a Lei Orgânica. Ou seja, esse decreto não possui base para vigorar. Isso precisa ser analisado e discutido pelos vereadores”, disse.



O pedido assinado por Chico se encontra na Diretoria Legislativa da Casa, e será analisado. Caso seja aprovado, em 30 dias deve ser analisado pelos vereadores.

O decreto publicado no Diário Oficial do Município de quinta-feira (19) determinou a implementação, no prazo de dois meses, de um novo sistema no qual a tarifa será aceita apenas por meio eletrônico, com uso de smart card (cartão inteligente). A mudança, entretanto, não foi bem recebida por rodoviários e usuários do transporte público.

Par o líder do prefeito, o vereador Marcel Alexandre (PHS), o pagamento por meio de bilhetagem propõe dar um novo rumo ao sistema de transporte, que segundo ele vinha sofrendo com a má administração dos empresários do setor.                                      

“O que for necessário para ele levar avante essa intervenção, e acabar com essa máfia dentro do transporte coletivo e esse desserviço, o prefeito vai encontrar em mim alguém que vai trabalhar favorável a ele. Mas o decreto não excetua o recurso do dinheiro, não está proibido o dinheiro. O que estamos falando é de um sistema principal que molde os recursos, no caso, a bilhetagem”, contou.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter
Cientista Social, Escritora e Jornalista. Repórter de A Crítica, apaixonada pela arte de contar histórias.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.